Do que é realmente precioso

  • Entre linhas
  • Publicado em 30 de outubro de 2015 às 09:33
  • Modificado em 8 de outubro de 2020 às 17:29
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

​Aquele colega de trabalho simpático e solícito, aquela vizinha que dá um “bom dia” sincero no elevador, aquela moça que esboça uma conversa agradável enquanto espera ser atendida no mesmo restaurante que você. Dia após dia, uma infinidade de pessoas passa pelas nossas vidas. Destas, no entanto, poucas efetivamente estacionam em algum lugar. São as que por algum motivo nos convidam a cativá-las ou que simplesmente nos deixam sem opção diante de investidas cativantes.
Muitas pessoas passam por nossa vida. Algumas são como um relâmpago, surgem, clareiam tudo, somem no espaço. Outras são como as águas do rio, um dia serenas, outros dias bravias, mas nos purificam, nos preenchem. Umas são como rochas, perenes, estão ao nosso lado seja em que momento for. Mas algumas deixarão marcas indeléveis em nossa memória.
São elas que, num dado momento, passamos a chamar de amigos. Troca verdadeira e sincera. Saber que tudo é prazeroso favor e não uma chata obrigação. Não se importar com a ausência na presença. Ligar para fofocar ou se lamentar. O reconhecimento das pequenas coisas do cotidiano. É saber ouvir e falar, mesmo quando a vontade é de chutar o balde. É respeitar o espaço e o tempo de cada um. Perceber as mudanças e se encaixar nelas. É principalmente, saber que cada um tem vida própria. E deixar livre o caminho para o progresso.
Todo o resto é tempo, atenção, interesse e cultivo. E no meio do caminho, descobrir um pouco de você no outro.
Ter amigos é uma coisa tão natural que sequer notamos, sequer percebemos ou valorizamos. Mas eu não me acostumo. E hoje vejo que posso desistir do amor por medo, mas de uma amizade nunca, nunca por medo. Afinal de contas, o verdadeiro amor não é isso?

*A meus amigos queridos – muitos que nem desconfiam do espaço e importância que ocupam em minha vida -, meu muito obrigada. Por cada momento. Pela confiança e pela amizade.