Você Estudou???…. Bem Feito!!! Corre riscos

  • Língua Portuguesa
  • Publicado em 22 de dezembro de 2020 às 12:18
  • Modificado em 11 de janeiro de 2021 às 12:17
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

Você Estudou???…. Bem Feito!!! Corre riscos

(O BOCA DO INFERNO – DIRETO DA PROVA DOS NOVE)

O triunfo das nulidades:

Se você for Membro da Comissão de Educação e Cultura do Congresso. Se, no1º discurso, atacou seus pares, chamando-os de corruptos e, por culpa deles, abandonaria a vida pública o que, de fato, jamais aconteceu, ao contrário se recandidatou a deputado. Se você acrescentar a isso o fato de se apresentar como palhaço, para encarnar o voto de protesto, poderá se tornar um Tiririca, perceber R$ 111.675,59 de verba de gabinete + 33.763 de salário e 4.253,00 (auxílio moradia), apresentar apenas 4 propostas legislativas e nenhuma ser relatada. Antes que alguém proteste, não faço qualquer menção ao grau de alfabetização, para e pense sobre quem é analfabeto político: “Ele já foi o deputado mais votado do país”, encarna a “esperteza” brasileira.

Se você for um fenômeno no futebol e der a sorte de o presidente da Academia Brasileira de Letras, aquela mesma fundada por Machado de Assis, ser torcedor fanático do seu time, corre o risco de ser tratado como “doutor” e “filósofo. Ronaldinho Gaúcho, o Aristóteles dos trópicos, foi condecorado pela ABL. Recusou o título de “doutor”, porque ninguém é de ferro. Poderia ser condecorado pelo grau de “espertasa”. Foi preso com um passaporte falso “no Paraguai”. Antes que alguém me acuse de precoceiro, somos todos preconceituosos. Todos acreditamos que o Paraguais é o paraíso da corrpção. A após quase seis meses preso junto com o seu “esperto” irmão Assis, pagou R$ 1,1 milhão e voltou ao Brasil. Um professor não ganhará essa quantia durante toda a sua vida dedicada ao magistério.

Se a funkeira Valesca Popozuda pode ser considerada grande pensadora contemporânea em uma prova de filosofia de uma escola de Taquaritinga, você poderá decorar algumas frases das músicas dela para demonstrar que possui grande repertório cultural na prova do ENEM. Se utilizar “bem” os “versos” na prova de redação, corre o risco de tirar nota 1000 e ser condecorado pela ABL. Será considerado“filósofo” e “doutor” prodígio e poderá ensinar, na internet, como candidatos podem decorar o seu “modelo” infalível.

Se você não gosta de andar na esteira treinando a expressão “Nunca na história desse país”, muito menos de ler livros, porque é muito chato e, pior, passar oito anos no Palácio do Planalto, sair surrando a língua portuguesa, tanto quanto entrou. Se você se convencer de que é o “Filho do Brasil” (um Cabral do século XXI) e, por isso, estar acima do bem e do mal, “um ser messiânico”, tem grande chance de se tornar presidente da república.

Se você for capaz de formular uma frase tão idiota, quanto esta: “Como eu estava solteiro na época, esse dinheiro do auxílio-moradia eu usava para comer gente” (2018), diante de uma repórter, com o intuito de parecer engraçadinho. Se você homenageia torturadores em votasção na câmara. Se acha que o efeito colateral de uma vacina pode transformar um doente em um jacaré. Se você ganhar o epíteto de “mito” e, pior ainda, acreditar nisso, poderá também se tornar presidente da democratura do Brasil.

Se você creditar que é dono de uma vacina, que pode deter uma pandemia, pode virar um engomadinho governador. Se você for militar especializado em logística e não souber sequer o que é o SUS, poderá se tornar sinistro da saúde. Se você xingar os brasileiros de “canibais” em trânsito. Se você escrever “insitaria”, ao invés de incitaria, “paralização”, ao invés de paralização, surrar a gramática cometendo seguidos “discordância”, pode se tornar “sinistro da educação”.

Se você não se assustar, digamos, com “versos” como estes: “Debaixo do cacho tô querendo bis / Tambor toca em todo país”, pode ir para Goiânia, achar outro doido e montar uma dupla sertaneja, será endeusado e ganhar milhões. Se você conseguir cantar coisas como essas e nem ficar com vergonha: “E diga o que ela significa pra mim / Se ela é um morango aqui do nordeste / Saibas, não desisto, sou cabra da peste / Apesar de colher as batatas da terra / Com essa mulher eu vou até pra guerra”, tem grande chance de ganhar um Grammy Latino, não confundir com latindo, ficar milionário com uma “música” totalmente destrambelhada e ganhar uma “grana legal” e ir parar no Domingão do Faustão.

O piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica, em início de carreira, foi reajustado em 12,84% para 2020, passando de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24.

A média salarial nacional do professor, de acordo com a consultoria Catho, ganha, em média, R$ 1.800.

Essa média leva em consideração professores de diferentes níveis de escolaridade, segmentos e regiões do país, sem especificar a carga horária. No entanto, é possível verificar que alguns profissionais podem receber um salário mais baixo, enquanto outros alcançam remuneração acima da média. Veja alguns exemplos:

Média salarial nacional de professores por nível

Professor da Educação Infantil: R$ 1.753

Professor do Ensino Fundamental: R$ 1.862

Professor de Ensino Médio: R$ 2.069

Professor de Ensino Técnico: R$ 2.132

Professor Universitário: R$ 3.504

Professor de Ensino a Distância: R$ 2.439

Moral da História:

Os professores ganham pouco, porque só servem para ensinar coisas inúteis, como ler, escrever e pensar.

Como diz o grande filósofo e jornalista Zé Simão, presidente do partido escrachado PGN, O “Regresso nacional” pode ser visto assim.

1. Se gradear, vira zoológico.

2. Se murar, vira presídio.

3. Se cobrir com lona, vira circo.

4. Se puser luz vermelha, vira puteiro.

5. Se der descarga, não sobra ninguém

Sugestões:

Grade curricular alternativa, já que a oficial não funciona:

a) História: Como entrar para o Museu da corrupção e ser reprovado pelo Portal da Transparência Brasil. (aulas com qualquer presidente do Brasil).

b) Ecologia: Como destruir ecossistemas e desmantelar órgãos de controle de fiscalização: aulas com o econologista e especialista em boiadas, sinistro do meio ambiente.

c) Filosofia: Involução do “pensamento” das “Celebridades”: aulas com influenciadores difitais no Instagram.

d) História: Como foder um país sem passar vaselina: aulas com presidentes, vereadores, governadores, deputados, senadores, presidentes (podem escolher)

e) Matemática: Multiplicação Fraudulenta do Dinheiro de Campanha política. Cálculo Percentual de Comissões e Propinas. Técnicas de “Como Fraudar o Fisco” e não ser preso. “Como Abrir Empresas-Fantasma”. “Como Aliciar Laranjas” e ninguém descobrir o roubo. Como multiplicar seu bem patrimonial em 20x em apenas quatro anos: aulas com políticos e empreiteira.

f) Português e Literatura: presidido por Lula, quem detesta esteiras, mas é obrigado a perder umazinha, renegando os livros.

g) Biologia, Física: Pra quê?

h) Química: Como transformar um país numa merda: aulas com qualquer presidente da república.

i) Educação Moral e Cívica: Como ler o Manual do Guerrilheiro extremista, como criar “fake news”, como entrar para o gabinete do ódio: estágio com Trump e aulas com um políico que perdeu 35 mil votos no Rio de Janeiro.

Precisamos de alguma coisa para salvar essa merda?

Sim …do seu voto!…