Os julgamentos da sociedade

  • Fofocas Musicais
  • Publicado em 8 de outubro de 2020 às 23:21
compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin

GALILEU GALILEI

GALILEU GALILEI​GALILEU GALILEI

Vamos falar de loucos ou pessoas julgadas e condenadas pela sociedade … Ou aqueles que ‘ enlouqueceram’ porque não eram considerados normais e tantas outras causas.

Lendo biografias, posts, vídeos, sobre pessoas que foram consideradas loucas, ou fora dos padrões, me pergunto quem são os saudáveis mentalmente!

Ernesto Nazareth terminou seus dias num hospício. É o patrono da cadeira de número 28 da Academia Brasileira de Música!    Mário de Andrade assim definiu Nazareth: “compositor brasileiro dotado de uma extraordinária originalidade, porque transita com fôlego entre a música popular e erudita, fazendo-lhe a ponte, a união, o enlace”.

Robert Schumann também terminou seus dias num hospício.

Diagnósticos hipotéticos das doenças Schumann variam de paralisia geral progressiva (ou sífilis terciária) a encefalopatia hipertensiva, com evidências mais convincentes de ter sido ou esquizofrenia (“demência precoce”, “catatonia periódica”) ou transtorno bipolar. Ideias delirantes, ideias de referência, bem como alucinações auditivas (ele estaria escutando a nota Lá em todos os lugares, o que o perturbou profundamente) apoiam um diagnóstico no espectro esquizofrênico. No entanto, a noção de que Schumann tinha um transtorno bipolar, possivelmente com características psicóticas, é fundamentada pelo curso ondulante de sua doença com fases depressiva e hipomaníacas distintas, bem como sua recuperação desses episódios individuais com restauração plena de suas habilidades musicais e de composição. 

Galileu Galilei Em 1630, ele publica um novo livro que reafirma o heliocentrismo. O papa cede às pressões e envia o caso à Inquisição. Em 22 de junho de 1633, Galileu Galilei, aos 70 anos, foi condenado por heresia e à prisão em sua residência, em Arcetri. Lá o italiano ficou até sua morte.

Foi somente em 31 de outubro de 1992 que um papa reconheceu que a condenação de Galileu foi um engano. “O erro dos teólogos da época, quando mantinham a centralidade da Terra, era o de pensar que o nosso entendimento da estrutura física do mundo era, de algum modo, imposto pelo sentido literal da Sagrada Escritura”, afirmou João Paulo II na época.

França pede perdão pela execução de Maria Antonieta

19/07/2008 às 10h31 – Por Redação SRzd 

O ministro de Exteriores francês, Bernard Kouchner pediu desculpas pela execução da austríaca Maria Antonieta, última rainha da França, quase 215 anos depois dela ter sido decapitada durante a Revolução Francesa. O fato coincidiu com o lançamento da “União pelo Mediterrâneo”, na Place de la Concorde de Paris, o mesmo local onde aconteceu a execução da austríaca.

 “Sinto muito, sinceramente, pelo o que aconteceu. Mas, levem em consideração que era época da Revolução Francesa”, declarou o ministro.

Maria Antonieta morreu na guilhotina em outubro de 1793, meses depois de seu marido, o rei Luis XVI, que teve o mesmo destino após ser acusado de traição. Ela foi marcada por sua “frivolidade”.

Deixo aqui alguns artigos que recortei para que possamos refletir um pouco mais em quem são os NORMAIS!

Atreva-se a ser diferente e terá as consequências por isso!

Todo aquele que se atreve a pensar, criar, ousar, ou simplesmente ter padrões diferentes da maioria, com certeza a sociedade dá um jeitinho de mudar isso ou colocando esta pessoa dentro da caixinha, ou executando, ou prendendo ou levando-a à loucura porque até a própria pessoa pode desenvolver um estado mental de desespero por não se enquadrar nos moldes pré-estabelecidos pela massa. 

Alguns caso foi doença , sífilis, etc mas hoje sabemos que todas as doenças são provenientes do estado emocional, portanto.. fica a questão: quem é certo? Quem é errado? Padrões devem ser exigidos para conter um povo? E por aí vários questionamentos! Bom dia amigos!

                         

  

Robert Schumann

GALILEU GALILEI

Maria Antonieta