Whole30: tudo sobre essa nova dieta que é a nova "queridinha" do momento

Principal desafio consiste em mudar os hábitos alimentares sem nenhuma escapada, durante 30 dias

Postado em: em Mais+

A dieta Whole30 foi desenvolvida pelo casal Dallas e Melissa Hartwig, cujo desafio consiste em mudar os hábitos alimentares sem nenhuma escapada, durante 30 dias, pois esse é o tempo suficiente para incorporar um hábito à rotina, que podem durar o resto da vida.

O objetivo principal da dieta não é a perda de peso, embora ela ocorra em decorrência da mudança dos hábitos alimentares, mas o ganho com a saúde e disposição emocional.

Segundo a ideologia do Whole30, alguns alimentos tem um impacto negativo em nossa saúde, e mudar a forma que comemos vai refletir em diversos outros aspectos da nossa vida: como uma melhora no sono, aumento na disposição, melhor relacionamento com o alimento, controle de diversas doenças, entre outros.
Como fazer whole30

A dieta Whole30 preconiza o consumo de alimentos naturais, restringindo o consumo de alimentos industrializados, ricos em gorduras saturadas e trans, açúcar refinado e sódio.

É indicado fazer 5 refeições ao dia com os alimentos permitidos, e no momento de montar o prato, orienta-se colocar 1 ou 2 porções de proteínas e preencher o restante com vegetais.

Alimentos permitidos no whole30

  • Carne
  • Frutos do mar/peixes
  • Ovos
  • Vegetais
  • Frutas
  • Tubérculos (batata, mandioquinha, inhame etc)
  • Gorduras boas (gorduras de origem animal, azeite, abacate, nuts e coco).

A ideia é comer os alimentos mais naturais possíveis.

Alimentos proibidos no whole30

  • Adoçantes (nem mesmo os naturais)
  • Açúcar (nem mesmo mel)
  • Bebidas alcoólicas e refrigerantes
  • Sucos artificiais ou suco natural coado (sem fibras)
  • Leguminosas (todos os tipos de feijões, lentilha, grão de bico, soja e amendoim)
  • Grãos, milho e arroz
  • Farinhas
  • Leites e derivados (de nenhum animal: vaca, cabra, ovelha).

Artigos Relacionados