Sesi Franca Basquete chega à sétima vitória seguida e segue na cola dos líderes

Vindo do banco de reservas, o ala Pedro foi o cestinha do jogo, com 22 pontos

Postado em: em Basquete

O Sesi Franca Basquete está voando baixo no NBB 2017/2018. Neste sábado (13/01), a equipe paulista superou o Vasco da Gama, fora de casa, pelo placar de 81 a 67, e conquistou sua sétima vitória consecutiva no maior campeonato de basquete do país.

Agora com um total de dez triunfos em 13 jogos disputados (76,9% de aproveitamento), Franca igualou a campanha do vice-líder Mogi das Cruzes, mas segue na terceira posição por levar a pior no confronto direto (primeiro critério de desempate).

Com as sete vitórias seguidas, o time do técnico Helinho Garcia igualou a maior sequência invicta da temporada, conquistada por Paulistano, que também venceu suas últimas sete, e EC Pinheiros, no início do campeonato. A última derrota francana na competição foi no dia 12/12, para o Mogi.

Vindo do banco de reservas, o ala Pedro foi o cestinha do jogo, com 22 pontos. Para construir sua maior pontuação na temporada, o camisa 12 do Franca teve 8/12 nos arremessos de quadra, sendo 4/6 da linha de três pontos.

“Cada um dia alguém do nosso time está bem e hoje fui eu. Hoje todo mundo pontuou praticamente e nosso coletivo vem se mostrando muito forte. Tivemos mais uma vez boa boa defesa e conseguimos mover bem a bola no ataque. Estamos em grande momento, mas nossa cabeça é jogo a jogo”, disse Pedro.

Rafael Mineiro segue como peça-chave do time francano e deixou a quadra com um duplo-duplo de dez pontos e dez rebotes. Além disso, o pivô ainda registrou seis assistências, duas bolas recuperadas e dois tocos e foi o jogador mais eficiente do jogo, com 23 de valorização, um a mais do que o cestinha Pedro.

Os 11 jogadores que entraram em quadra pelo Franca pontuaram. Além de Pedro e Mineiro, Léo Meindl, com dez pontos, Gruber, com oito, e Coelho e Cipolini, com sete cada, também apareceram bem. Em sua terceira partida pela equipe, Leandrinho deixou a quadra com seis pontos.

“Toda vez que venho jogador contra o Vasco é incrível. Tenho um carinho muito grande pelo clube e é sempre muita alegria poder rever o pessoal do clube e a torcida que sempre me deu muito carinho. Já vim aqui e fui derrotado, mas hoje conquistamos uma vitória importantíssima, contra um time muito forte e que tenho certeza de que ainda vai melhorar seu desempenho”, disse o comandante francano Helinho, que escreveu grande história no Vasco como jogador.

Do lado vascaíno, o atleta mais eficiente em quadra foi Guilherme Giovannoni, que somou um duplo-duplo de 12 pontos e 15 rebotes. Quem também apareceu bem foi o ala Gustavo Basílio, autor de dez pontos e sete rebotes.

O Vasco atuou, mais uma vez, com importantes ausências. Com lesões na coxa e no pulso, respectivamente, Fúlvio e Gui Deodato seguem de fora. Já o norte-americano David Jackson está afastado e desfalcou a equipe pelo terceiro jogo consecutivo.

Com boas tramas ofensivas, Franca totalizou 25 assistências, contra apenas 11 do Vasco. Além disso, a equipe paulista cometeu apenas seis desperdícios de bola, enquanto que o time carioca teve 14 erros.

Franca liderou a partida do início ao fim e o Vasco não teve a liderança em nenhum momento. Com ótimo desempenho no segundo quarto (27 a 14), os francanos chegaram ao intervalo com 18 pontos de frente e mantiveram vantagem na casa dos 20 pontos durante praticamente todo o terceiro período.

Com rápidos contra-ataques, o Vasco chegou a baixar a diferença para dez pontos no início do último quarto. Mas o time visitante rapidamente se recuperou e não deixou sua vantagem sair dos dígitos duplos para fechar a partida com tranquilidade nos minutos finais.

Dono da segunda melhor defesa da competição, Franca teve mais uma grande atuação defensiva e, pelo terceiro jogo seguido, limitou seus adversários a menos de 70 pontos. Nas vitória recentes contra Vitória e Solar Cearense, o time sofreu apenas 55 e 59 pontos, respectivamente.

Franca seguirá no Rio de Janeiro e enfrentará o Botafogo, na próxima segunda-feira (15/01), às 20 horas, no Ginásio Oscar Zelaya. Já o Vasco volta à quadra na quarta-feira (17/01), novamente na Arena Carioca 1, diante do atual campeão Sendi/Bauru Basket, também às 20 horas.


  • Pedro foi o cestinha do jogo, com 22 pontos convertidos

Artigos Relacionados