Santander anuncia novas medidas e tarifas zero para quem é MEI. Veja aqui

Enquadram-se no caso proprietários de pequenas empresas com rendimentos anuais de até R$ 81.000,00.

Postado em: em Economia

O Santander anunciou ações para ajudar os microempreendedores individuais (MEIs) durante a recessão econômica gerada pelo fechamento dos comércios em razão do coronavírus. 

Isso porque o setor será um dos mais afetados durante os decretos de quarentena em todo o país.

As vantagens concedidas incluem carência de três meses para o pagamento da primeira parcela das linhas de capital de giro e isenção na cobrança de tarifas do pacote de serviços, na realização de TEDs e DOCs de forma gratuita por até dois meses. 

Como participar

As ofertas são exclusivas para quem é MEI. Nesse caso, enquadram-se proprietários de pequenas empresas com rendimentos anuais de até R$ 81.000,00. 

O acesso às vantagens Santander para microempresários também só é válido para quem recebe os lucros das vendas de qualquer maquininhas de cartão pelo banco.

Segundo a instituição, a ideia é transformar os descontos dados nas operações bancárias em créditos, que poderão ser utilizados para o pagamento de contas básicas, como água, energia, telefone, entre outras, do cliente.

“Ambas as iniciativas têm como objetivo dar liquidez ao empreendedor neste momento de redução da atividade econômica, permitindo também uma melhor gestão do orçamento e de seus pagamentos”, publicou o Santander, em nota.

Interessados devem se programar. Isso porque o período de contratações vai até o dia 30 de abril.

Outras medidas

Além das ofertas para MEIs, o Santander também anunciou sua participação na iniciativa que prorroga o pagamento de dívidas em mais 60 dias. 

A medida vale para pessoas físicas e pequenas/médias empresas que apresentarem problemas financeiros durante o enfrentamento da pandemia. 

No momento, a iniciativa atinge apenas as linhas de crédito pessoal e preventivo, financiamentos imobiliários, entre outros.

Para empresas maiores, são oferecidas vantagens que contemplam capital de giro e CDC, com possibilidade de postergação do prazo final do contrato.

Em razão das medidas sanitárias de contenção do vírus, as agências do Santander de todo o Brasil estão funcionando em horário reduzido, das 10h às 14h. No caso de aposentados, o atendimento é feito das 9h às 10h.


Artigos Relacionados