Quanto pode custar uma garrafa de vinho?

Postado em:

Esta pergunta sempre me fazem ao descobrir que sou curiosa do mundo do vinho. Sempre que o papo começa sobre o vinho o questionamento sobre “o vinho mais caro que eu já vi ou soube” sempre aparece.

Por muitas vezes mostrei um encarte de uma importadora que mostrava o Romanée Conti por R$ 24.990,0. Este é o mais caro, perguntavam, já muito assustados, pois o valor é de um carro .

Não era o mais caro que já conhecia, outros vinhos foram arrematados em leilões por preços muito maiores,como:

Château d’Yquem 1811, em 2011, por 120 mil dólares,

Château Cheval Blanc 1947de 6 litros, em 2010,por US$ 304.375,

outro Château d’Yquem 1787, em 2006, por 100 mil dólares,

 Penfolds Grange Hermitage 1951, em 2004, por US$ 38.420,00,

Screaming Eagle Cabernet 1992 de 6 litros, em 2000, por 500 mil dólares,

Shipwrecked 1907 Heidsieck (um Champagne recuperado de um navio da 1ª guerra naufragado) por US$ 275.000,00,

Chateau Mouton Rothschild 1945, em 1997, por US$114.614,00 ,

Romanée Conti DRC 1990, um lote de 8 garrafas  por US$ 28.112,00 cada,

Château Margaux 1787, em 1989, por 500 mil dólas (este não pode ser degustado , pois o garçon que iria servi-lo no jantar, derrubou a garrafa que quebrou. Sorte que estava assegurada e o proprietário receber Us$ 225.000,00)

Château Lafite 1787, em 1985,  por US$160.000,00.

Mas a mais ou menos duas semanas em Nova Iorque o recorde de preços dos grandes e lendários vinhos foi quebrado. 

Um colecionador asiático ofereceu US$ 558.000,00 por uma garrafa do conhecido e reconhecido Romanée-Conti da safra de 1945. 

Não, eu não me confundi... nem coloquei “zeros” a mais, foram realmente US$ 558.000,00 ! ! !

Isto aconteceu em um leilão da Sotheby’s. No esmo leilão outro colecionador americano pagou US$ 496.000,00 por outra garrafa deste mesmo vinho, sendo este o segundo vinho mais caro vendido até hoje.

O valor é tão alto que pelo preço desta garrafa, que mais parece um prêmio de loteria. Isto porque esta safra de 1945 é considerada a raridade em forma de vinho.

Difícil entender porque tato dinheiro em troca de uma ou mais garrafas? As vezes me pego perguntando sobre isto, mas para quem compra, não é uma garrafa, mas A Garrafa, com toda a sua história e expressão , a começar pelo resultado do clima da época sobre as parreiras até a finalização da produção.