Pressão alta: remédios funcionam melhor na hora de dormir, diz pesquisa

Estudo sugere que os comprimidos oferecem mais proteção quando tomados na hora de dormir — e não pela manhã.

Postado em: em Saúde

P​ara tirar melhor proveito dos medicamentos de uso diário para controlar a pressão arterial, uma pesquisa recente sugere que devemos tomá-los antes de dormir.

É uma dica simples que pode salvar vidas, afirmam os autores do estudo espanhol, publicado na revista científica European Heart Journal.

De acordo com a pesquisa, os comprimidos oferecem mais proteção contra ataques cardíacos e derrames quando tomados na hora de dormir — e não pela manhã.

Os especialistas acreditam que o ritmo circadiano — ciclo fisiológico de aproximadamente 24 horas em que se baseia nosso relógio biológico — altera a resposta ao medicamento.

Mas advertem que são necessários mais estudos para verificar se os resultados são aplicáveis ​​a todos os pacientes com hipertensão — e que eventuais alterações no horário da medicação não devem ser feitas sem antes consultar um médico.

O que é hipertensão

A hipertensão arterial, popularmente chamada de pressão alta, é uma doença crônica e degenerativa, caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias.

É o principal fator de risco para doenças cardiovasculares.

No Brasil, aproximadamente 35% da população tem a enfermidade, segundo dados do Ministério da Saúde, mas metade nem sabe disso. Das pessoas que têm conhecimento, 50% fazem uso de medicação, e, dessas, apenas 45% têm a pressão controlada.

Sincronizar o remédio com o 'relógio biológico'

Há cada vez mais evidências de que vários medicamentos, incluindo comprimidos para o coração, podem funcionar melhor quando tomados em horários específicos do dia.

Este último estudo é o maior realizado até hoje para analisar esse fenômeno com remédios para controlar a hipertensão arterial — e contou com a participação de mais de 19 mil pessoas que tomavam esse tipo de medicamento.

Os participantes foram divididos em dois grupos aleatoriamente — um deles tomava os compridos pela manhã, e o outro, na hora de dormir.

Eles foram monitorados pelos pesquisadores por pelo menos cinco anos.

Os resultados mostraram que os participantes que tomavam o medicamento à noite tinham quase metade do risco de morrer em decorrência — ou de sofrer — um enfarte, derrame ou insuficiência cardíaca.

É que a pressão arterial deveria diminuir naturalmente à noite, enquanto descansamos e dormimos.

Se isso não acontece, e a pressão permanece consistentemente alta, aumenta o risco de ataques cardíacos e derrames, dizem os especialistas.

A pesquisa sugere que tomar o medicamento à noite ajuda a manter a pressão arterial noturna sob controle, em pacientes diagnosticados com hipertensão.

Os participantes do estudo que tomavam o remédio na hora de dormir apresentaram, em média, pressão arterial significativamente mais baixa à noite e durante o dia — e a pressão diminuía mais à noite, em comparação com os participantes que tomavam a medicação todas as manhãs.

Principal autor do estudo, Ramon Hermida, da Universidade de Vigo, na Espanha, afirmou que os médicos podem considerar fazer a recomendação aos pacientes. "Os resultados deste estudo mostram que os pacientes que tomam rotineiramente seus medicamentos contra a hipertensão na hora de dormir, ao invés de quando acordam, apresentam pressão arterial mais controlada e, mais importante, um risco significativamente menor de morte ou problemas cardíacos e circulatórios".

Ele afirma que é necessário realizar mais estudos em diferentes populações para verificar se os resultados são aplicáveis ​​a todos os pacientes hipertensos que tomam diferentes marcas de comprimidos para controlar a pressão arterial.

"Embora este estudo respalde descobertas anteriores nessa área, são necessárias mais pesquisas entre outros grupos étnicos e pessoas que trabalham em diferentes turnos, para provar realmente que tomar remédios para pressão arterial à noite é mais benéfico para a saúde cardiovascular", acrescenta Vanessa Smith, da British Heart Foundation.

Ela adverte: "Se você toma remédio para controlar a pressão arterial, é importante checar com seu médico antes de alterar o horário em que toma (a medicação). Pode haver razões específicas pelas quais o seu médico receitou medicamentos para serem tomados de manhã ou à noite."

O estilo de vida que você leva também faz diferença quando se trata de pressão arterial. Portanto, evite:

  • Beber muito álcool;
  • Fumar;
  • Estar acima do peso;
  • Não praticar exercício físico suficiente;
  • Comer muito sal.

Artigos Relacionados