Preço do café abre semana em Franca após saca ser vendida a R$ 470 na sexta

Tipo 4/5 também registrou maior valor de negociação em Franca com saca cotada a R$ 450

Postado em: em Agronegócios

Os negócios no mercado físico brasileiro seguiram lentos na semana passada e muitos produtores ainda finalizam a colheita na região de Franca

"Além de grande parte dos produtores estar focada nas entregas já programadas para este mês, os atuais preços no spot ainda mantêm vendedores retraídos", disse em nota o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da Esalq/USP).

A Safras & Mercado reportou na quinta que a comercialização da temporada 2018/19 do Brasil atingiu 45% até o dia 12 de setembro. 

As vendas estão ligeiramente avançadas em relação ao ano passado, quando 44% da safra 2017/18 estava comercializada até o momento. A média dos últimos cinco anos é de 45%.

O café tipo cereja descascado registrou maior valor de negociação em Franca (SP) com alta de 2,17% e saca a R$ 470,00 na última sexta-feira. 

Foi a maior oscilação no dia junto com Patrocínio (MG) que teve baixa de 2,17% e saca a R$ 450,00.

O tipo 4/5 registrou maior valor de negociação no dia em Franca (SP) com saca cotada a R$ 450,00 – estável. 

A maior oscilação dentre as praças foi registrada em Poços de Caldas (MG) com recuo de 1,38% e saca a R$ 428,00.

O tipo 6 duro anotou maior valor de negociação em Vitória (ES) com saca a R$ 435,00 – estável. A maior oscilação no dia foi registrada em Lajinha (MG) com baixa de 2,50% e saca a R$ 390,00. 


Artigos Relacionados