​Nível da represa de Peixoto assusta rancheiros e moradores lindeiros

De acordo com a ONS, baixa do nível de água está a 54,01% e isso tem revoltado muitas pessoas

Postado em: em Política

Levantamento da ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) de 10 a 11 de a redução do nível de água alcançou 4 metros 28 dias (no acumulado de 38 dias)


Os rancheiros e moradores lindeiros do rio Grande (lago de Furnas) estão preocupados com a constante baixa do nível de água.

De acordo com a medição no lado de Peixoto (Usina Mascarenhas de Moraes) e Estreito (Usina Hidrelétrica Luís Carlos Barreto de Carvalho) os níveis chegam a assustar.

Levantamento da ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) de 11 a 12 de a redução do nível de água alcançou 4 metros 17 centímetros em 39 dias.

Nesta quinta-feira, a baixa apresentou o seguinte percentual: Furnas baixou 8 cms, Peixoto baixou 5 cms, Marimbondo baixou 2 cms., Água Vermelha baixou 2 cms, Jaguara as comportas estão abertas com uma vasão de 542 m3 por segundo (desperdício).

O reservatório de Furnas está com 54.01% de sua capacidade, sendo atingiu 761.71 mts anm; Peixoto 47.22% ou 660.24 mts anm.; Marimbondo 33.13% com 436.01 mts anm; Água Vermelha 38.89% e 377.73 mts anm.

De uma maneira geral o Nível Geral do Subsistema Sudeste C Oeste está com 45,61% de sua capacidade.


Artigos Relacionados