MAIS SOBRE A MÚSICA

Postado em: - Atualizado em:

“DONA IVONE LARA”


A Rainha do Samba de Raiz. A Grande Dama do Samba. Uma das mais competentes compositoras da MPB. Nascida em 13 de abril de 1922, faleceu no último dia 16 de abril, no Rio de Janeiro, deixando sua assinatura e sua voz em inúmeras composições, em parcerias com nomes irretocáveis como Délcio Carvalho, Mano Décio da Viola, Silas de Oliveira, Caetano Veloso, Hermínio Bello de Carvalho, Nelson Sargento, Nei Lopes, Bruno Castro e seu sobrinho André Lara. Ao todo foram 19 discos de carreira, com especial destaque para “Arte do Encontro”, de 1986, em conjunto com Jovelina Pérola Negra.

Ivone Lara era formada em enfermagem e serviço social com especialização em terapia ocupacional, tendo se aposentado em 1977, a partir de quando passou a dedicar-se de corpo e alma à música, dando asas ao seu talento como compositora.

Tocava cavaquinho e durante certo período da vida teve aulas de canto com Lucília Guimarães, esposa do maestro e compositor Heitor Villa-Lobos, de quem recebeu elogios.

Segundo comentário do jornalista e crítico Lucas Nobile, em seu livro “Dona Ivone Lara: A Primeira-Dama do Samba”, ela transbordava música, compondo com muita fluência, mesmo após haver completado 90 anos e estar presa a uma cadeira de rodas.

Deixou o Planeta aos 96 anos de idade e, segundo o também já saudoso baterista, cantor e compositor Wilson das Neves, “daqui a 100 anos ainda se falará em Dona Ivone Lara”.

“DÉO LOPES”

Desde menino ele já se aventurava no mundo das letras e das notas. Afável, mas de personalidade forte, sempre optou por seguir caminhos próprios, segundo sua cartilha pessoal, desviando-se das influências negativas e duvidosas e das políticas de promessa.

Tanto é que (reza a lenda) que dispensou solenemente uma oferta de gravar imitando Chico Buarque quando este deixou sua gravadora nos idos dos 70 ou 80. Seu timbre vocal, àquela época, tinha certa semelhança com o festejado cantor-compositor e cogitou-se em investir no talento de Déo, mas à sombra do consagrado Chico. E fica aqui um intimação pro “Eterno Menino” nos confirmar ou desmentir essa passagem.

Pois bem, hoje, maduro e vivido, tarimbado e escolado, frequentador assíduo do “Sr. Brasil” do Boldrin, Déo Lopes está na estrada com seu show ”Sambeiro” , mostrando um jeito todo seu de compor e interpretar nossa música mais representativa, passeando por criações suas e de outros nomes consagrados. Seu show no SESC-São José dos Campos, na última semana, foi dos mais aplaudidos.

Estamos torcendo pra que seu projeto chegue logo por aqui, quer seja pelo SESC, SESI ou Prefeitura Municipal, grandes incentivadores das nossa arte e cultura.

SÓ MAIS UM POUQUINHO : NOVIDADES NO AR

No meio musical local e no rádio via internet.

É pra muito breve !

BENY CHAGAS MUSIC SHOW

radionovaip.com.br – Ribeirão Preto - SP : diversos horários aleatórios

ponto1000-Brasil.com – Ribeirão Preto - SP : Sexta 22h, Sábado 10h e 22h e Domingo 12 e 22h.

portalmusicalfranca.com.br – Franca – SP : Domingo a Sexta 18h e Sábado 19h.

Rádio Viva Manaus – Web Rádio Studio Y – Manaus – AM – Domingo 18h (19h Brasília).

Envie suas sugestões para inclusão nos roteiros de programação: (16) 3017-2030; whats app

(16) 9 8223 9669; e-mails:benychagas@gmail.com/benychagas@benychagas.com.br


*Esta coluna é semanal e atualizada às segundas-feiras.