Laudos periciais dos alunos feridos no ataque à escola de Suzano são concluídos

Os laudos subsidiarão os trabalhos da Defensoria Pública do Estado de São Paulo nos acordos de indenização

Postado em: em Educação

O superintendente do Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc), João Gandini, esteve na manhã desta quinta-feira, 25 de abril, em Suzano para entregar à subdefensora pública-geral do Estado, Juliana Garcia Belloque, os laudos periciais dos adolescentes feridos no ataque à Escola Estadual Professor Raul Brasil. 

 Após a entrega da documentação, o superintendente do Imesc e a subdefensora pública-geral do Estado atenderam a imprensa.

O trabalho foi realizado por meio do convênio entre Imesc, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania, e a Defensoria Pública do Estado. Os profissionais avaliaram os comprometimentos físico, psíquico e o contexto social dos adolescentes. Os laudos concluídos em 15 dias subsidiarão os trabalhos da Defensoria Pública do Estado de São Paulo nos acordos de indenização com o governo do Estado e nos eventuais pedidos em benefício das famílias.

Em 11 de abril, a equipe de especialistas em avaliação do dano pós-traumático do Imesc, composta por 11 profissionais, entre médicos, psicólogo e assistente social, atendeu os adolescentes na UBS Prefeito Alberto Nunes Martins CS 2, em Suzano. De acordo com o diretor do Departamento de Estudos e Perícias do Imesc, Lucas Pedroso Fernandes Ferreira Leal, que coordenou a ação, esta foi a primeira vez que uma equipe multidisciplinar do Imesc se deslocou até outra cidade para realização de perícias neste tipo de procedimento.


Artigos Relacionados