João de Deus: denúncias de abusos são de mulheres entre 9 e 67 anos

MP-GO recebeu 596 e-mails sobre o caso, sendo 255 possível vítimas

Postado em: em Cotidiano

João de Deus: denúncias de abusos são de mulheres entre 9 e 67 anos

s recebidas por e-mail pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), mulheres afirmam terem sido abusadas pelo médium João de Deus quando tinham entre 9 e 67 anos. Até o momento, ele foi denunciado apenas por um caso de violação sexual mediante fraude e está preso no Núcleo de Custódia em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital.

Segundo o 'G1', com informações do promotor Luciano Miranda, o MP-GO recebeu 596 e-mails sobre o caso, entre denúncias, agradecimentos de vítimas, mensagens de apoio a João de Deus e outros tipos de manifestações. Analisando as mensagens, o órgão verificou haver 255 possíveis vítimas, sendo que 121 informaram as idades que tinham quando foram abusadas.

Conforme publicado pelo site, 23 vítimas tinhas de 9 a 14 anos; 28 tinham de 15 a 18 anos; e 70 tinham de 19 a 67 anos.

João de Deus recebe 2ª ordem de prisão, agora por porte ilegal de arma

João de Deus: apreendidas pedras preciosas, medicamentos e dinheiro

Dos 255 casos reportados, o órgão estima que 112 prescreveram, pois ocorreram há mais de dez anos. No entanto, o promotor ressalta a importância das vítimas denunciarem.

"Já vimos possibilidade de prescrição de 112 crimes. Isso porque ele [João de Deus] tem hoje mais de 70 anos e o prazo de prescrição corre pela metade, portanto não 20 anos como prevê a lei, mas sim 10. Mesmo assim, é imprescindível que todos sejam ouvidos porque valem como prova e vemos semelhanças nesses relatos para dar mais consistência aos casos", explicou.

O médium nega as acusações. A defesa fez um pedido de liberdade na quarta-feira (19) ao Supremo Tribunal Federal (STF) e aguarda resposta.




Artigos Relacionados