Fernanda Young, atriz e escritora, morre aos 49 anos após crise de asma

Roteirista de séries como Os Normais e Comédia da Vida Privada, ela também estava em cartaz no teatro em SP

Postado em: em Falecimentos

Morreu na madrugada deste domingo, 25 de agosto, a atriz, escritora e roteirista Fernanda Young. Ela teve uma crise de asma seguida de parada cardíaca.

Trajetória

Fernanda nasceu em Niterói e frequentou a faculdade de letras da Universidade Federal Fluminense, mas não se formou. Mais tarde, ela também chegou a cursar parte da graduação de Rádio e TV, da Faap.

Em 1995, foi roteirista do programa "A Comédia da Vida Privada", da Rede Globo, adaptação de textos de Luis Fernando Veríssimo que assinou com o marido, Alexandre Machado. Em 1996, lançou o primeiro livro, "Vergonha dos pés", pela editora Objetiva.

Ela também escreveu os roteiros das séries “Os Normais”, "Os Aspones", "Minha Nada Mole Vida e "O Sistema", entre outras. E é autora de ao menos 14 livros, entre eles, "Pos-F", "Estragos" e "A mão esquerda de vênus".

Ela apresentou o programa "Irritando Fernanda Young", entre 2006 e 2010, e "Confissões do Apocalipse", em 2012, ambos no canal GNT.

Fernanda deixa marido e quatro filhos. A atriz estava em cartaz em São Paulo com a peça "Ainda nada de novo", em que contracenava com Fernanda Nobre.

O corpo dela foi velado e enterrado na tarde deste domingo.

Em sua última postagem no Instagram, Fernanda Young compartilhou a foto do seu sítio em Gonçalves (MG) e escreveu: "Onde queres descanso, sou desejo". A imagem foi postada há menos de 24 horas. 


Artigos Relacionados