Febre amarela: Anvisa libera lote de vacina para rede privada no Brasil

Lote importado virá com embalagem internacional e será disponibilizado na rede privada do país

Postado em: em Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a importação de um novo lote da vacina contra febre amarela com embalagem internacional (rótulo em inglês, francês e espanhol). Diante do cenário atual da doença no Brasil e do aumento da procura pelo imunizante, que está esgotado em muitas clínicas particulares, a Sanofi Pasteur, fabricante da vacina, solicitou a medida em caráter excepcional.

De acordo com a Sanofi, o processo de importação do lote já foi iniciado e o imunizante estará disponível para comercialização nas clínicas privadas em cerca de 30 dias. Conhecida como Stamaril, a vacina contra a febre amarela da Sanofi Pasteur está registrada em mais de 100 países e, no Brasil, é fornecida para clínicas particulares.

Vacina importada

A produção acontece fora do país e, por isso, em alguns momentos ocorre restrição na capacidade de distribuição. A empresa informa que, em 2017, houve um aumento de 300% na disponibilização de doses em comparação ao ano de 2016 para as clínicas de vacinação privadas.


Artigos Relacionados