Degustando mais vinhos...

Postado em:

Existem varias “inverdades” sobre o mundo do vinho, mas a maior delas para mim é o “glamour” exagerado que atribuem a esta bebida. A ponto de várias pessoas não quererem experimentar ou mesmo se sentirem inferiores por não “entender” sobre o assunto.

Bem vamos acabar com um mito agora... ninguém sabe tudo sobre vinho, então não se preocupe... o Mundo do Vinho é um aprendizado constante.

O vinho que o seu amigo gosta, nem sempre vai ser o seu preferido. Isto porque gosto cada um tem o seu e isto varia conforme a parte fisiológica de cada um, até experiências boas ou ruins adquiridas ao longo da vida. O que sempre digo é para sempre escolher um produtor sério, de boa qualidade.

Existem vinhos de má qualidade. Sim, infelizmente alguns produtores estão interessados só em ganhar dinheiro. Não estou falando de alguma safra que não foi boa, ou um erro na produção. Um modo fácil de entender isto é: veja se o preço condiz com todo o trabalho para elaborar um vinho. Levando em conta desde a mão de obra, o tempo que demorou para colheita, para elaboração, o valor da garrafa, o valor do rótulo e da rolha , os grandes impostos que são cobrados e ainda o lucro do produtor, do importador, caso seja importado, e do comerciante, sem ainda falar no frete. Muita coisa né? E olha que nem falei das barricas de carvalho francesas e outros gastos .

Não precisa ser um vinho caro... pode deixar estes para os grandes momentos e comemorações, mas tem que ser um preço real.

Quanto a eventos para tomar vinho... por favor, não entre nesta. Vinho se toma em qualquer evento ou mesmo fora deles. Eu conversei sobre isto com o meu amigo Murilo, estes dias. Estávamos em uma pizzaria e ninguém no lugar tomava vinho... e pizza com vinho harmoniza super bem.

Talvez seja um pouco a culpa da nossa cultura brasileira, onde o vinho chegou tarde a nossas mesas. Mas já não é mais assim. Temos vinhos para todos os gostos, climas e bolsos... o Brasil produz ótimos vinhos, mas quer um importado? Ótimo... temos argentinos, chilenos, portugueses, franceses , italianos, australianos, sul africanos... só para falar dos mais conhecidos. E quanto aos tipos... brancos , roses, tintos , espumantes, licorosos, secos, meio secos, suaves... quantas uvas diferentes... e a mesma uva dependendo do terroir e do produtor pode fazer vários tipos de vinhos.

E além de tudo é provado que vinho faz bem para saúde inclusive para o coração (e eu acrescento que também faz bem a alma), claro que tomado com moderação. Isto eu já falei e repito... é cultura, história e geografia dentro de uma garrafa. Se você escolheu um bom vinho, você está degustando o resultado de anos de dedicação de vidas que podem estar no sul do Brasil, como do outro lado do oceano.

Não é só uma bebida... concorda?

Então... reúna os amigos e vamos degustar mais vinhos...