Defesa Civil lança alerta para Franca: temperatura pode chegar aos 40°C

Calor dos dias 1º e 2 de outubro pode bater recorde histórico na capital e no interior do estado de SP

Postado em: em Tempo

A forte e grande onda de calor que se espalha sobre Brasil ainda vai fazer o ar ficar mais quente no estado de São Paulo nas próximas 48 horas. 

Até a próxima sexta-feira, 2 de outubro, a temperatura pode subir ainda mais.. 

O calor dos dias  1º e 2 de outubro de 2020 poderá bater o recorde histórico na cidade de São Paulo e outros locais do estado. 

Por enquanto, a maior temperatura já registrada pelo INMET na capital paulista, desde 1943, foi de 37,8°C, em 17/10/2014.

A forte massa de ar quente que está sobre o Brasil desde o primeiro fim de semana na primavera de 2020 vem produzindo temperaturas muito altas, que poucas vezes são observadas no país. Recordes históricos de calor estão sendo batidos.

Segundo os meteorologistas da Somar, os próximos 10 dias podem ter um desvio da temperatura de até 7 °C. 

As áreas já estão sendo afetada pelos mais de 150 dias de estiagem e essa previsão de altas temperaturas agrava o cenário das queimadas, além de fazer com que o solo perca o que resta de umidade pela evapotranspiração. 

Nas áreas de café do Sudeste, como a região de Franca,  a temperatura deverá oscilar entre 30 °C e 35 °C. 

O calor antes da chegada da chuva é normal, mas como o Sudeste passa por uma estiagem prolongada, os efeitos são mais sentidos por culturas como cana-de-açúcar, café e laranja.  

A Defesa Civil lança o alerta para o calorão que segue tomando conta de Franca e das cidades da região, assista:


Artigos Relacionados