Cursos da Unesp Franca obtêm conceitos mais altos em exame do MEC, o Enade

Entre os cursos de destaque, Direito tem nota máxima, seguido de Relações Internacionais e Serviço Social

Postado em: em Educação

Os cursos de Design (Gráfico), Direito, Jornalismo e Psicologia (em Assis e Bauru) da Unesp obtiveram nota máxima no Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes) de 2018 –exame do Ministério da Educação (MEC) que avalia os cursos superiores oferecidos no país. Ao todo, do conjunto de cursos avaliados nesta edição, cerca de 86% dos cursos da Unesp obtiveram conceitos 4 ou 5, os mais altos do Enade.

Este percentual é o dobro daquele registrado na última avaliação desses cursos, quando 43% ficaram com os conceitos mais altos –o ciclo avaliativo do Enade é trienal.

No Enade de 2018, reforçando o bom desempenho dos cursos da Unesp, nenhum curso da Universidade foi classificado com os conceitos mais baixos no exame (1 e 2). Dos 14 cursos da Unesp avaliados, cinco deles ficaram com conceito 5, sete obtiveram conceito 4 e dois foram avaliados com conceito 3 (veja tabela abaixo).

tabelaenade_4out19a.jpg

Em relação aos conceitos obtidos no Enade anterior, 9 dos 14 cursos da Unesp avaliados obtiveram notas mais altas e quatro se mantiveram com o mesmo conceito, enquanto apenas um curso registrou queda na avaliação.

O ciclo avaliativo do Enade é trienal e, em 2018, compreendeu os cursos de bacharelado nas áreas de conhecimento Ciências Sociais e Aplicadas, Ciências Humanas e áreas afins –sem considerar os cursos avaliados no âmbito das licenciaturas.

Dentre os cursos da Unesp que obtiveram um conceito maior em 2018, em comparação à edição anterior do Enade, destacam-se as graduações em Psicologia oferecidas nos câmpus de Assis e Bauru, que subiram de conceito 1 para conceito 5, e a graduação em Jornalismo, câmpus de Bauru, que saltou do conceito 2 para o 5.

“Além de os conceitos refletirem melhor a qualidade dos cursos da Unesp, o bom desempenho é importante porque, em termos de empregabilidade, aumenta as possibilidades de nossos egressos em processos seletivos para empregos que consideram o desempenho do curso no Enade como critério”, afirma a pró-reitora de graduação da Unesp, professora Gladis Massini-Cagliari.

O único curso que obteve uma variação negativa em comparação com a última avaliação do Enade foi o de Administração do câmpus de Jaboticabal, ficando com conceito 4, o segundo mais alto na escala do exame.

No geral das graduações avaliadas, com 35,7% dos cursos com conceito 5 e 50% dos cursos com conceito 4 (veja gráfico abaixo), o desempenho da Unesp no Enade de 2018 é superior às médias verificadas nos conjuntos de instituições de ensino superior federais (29% com conceito 5 e 35% com conceito 4), estaduais (12% e 36%, respectivamente) e privadas (3% e 18%, respectivamente) do Brasil.

enade4out19_grafico.jpg

Indicador de qualidade
Na Unesp, foram avaliados dois cursos de Administração (câmpus de Tupã e de Jaboticabal), os cursos de Administração Pública (câmpus de Araraquara), Ciências Econômicas (câmpus de Araraquara), Design (Gráfico, câmpus de Bauru), Design (do Produto, câmpus de Bauru), Direito (câmpus de Franca), Jornalismo (câmpus de Bauru), dois cursos de Psicologia (câmpus de Assis e Bauru), dois de Relações Internacionais (câmpus de Franca e Marília), os cursos de Serviço Social (câmpus de Franca) e Turismo (câmpus de Rosana).

O conceito Enade é um indicador da qualidade do ensino superior no país, apresentado de 1 a 5, sendo que 1 é o conceito mais baixo e 5, o melhor resultado possível. Participaram do Enade no ano passado 462.242 estudantes concluintes, de 1.791 instituições de ensino superior. Os resultados foram divulgados nesta sexta (4) pelo MEC.

O Enade é um dos processos avaliativos previstos no Sinaes (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior) e faz a aferição do desempenho dos estudantes em relação a conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso.

Além dos bacharelados nas áreas de Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e áreas afins, o Enade 2018 avaliou também os cursos superiores de tecnologia.

Confira os dados completos do Enade de 2018 no site do Inep, autarquia do MEC que cuida do exame.

Participação responsável
Desde 2017, a Pró-Reitoria de Graduação da Unesp (Prograd) passou a fazer a divulgação da importância da participação responsável no Enade, em reuniões com coordenadores dos cursos avaliados e representantes dos alunos, dialogando diretamente com centros acadêmicos e diretórios acadêmicos.

Além disso, a Prograd também integrou o trabalho do pesquisador institucional ao dia a dia da pró-reitoria, o que trouxe ganhos no preenchimento dos dados avaliados no exame. Esse trabalho passou a ser feito em conjunto com auxiliares institucionais e em colaboração com diretores e supervisores técnicos de apoio acadêmico e seções técnicas de graduação, além da Câmara Central de Graduação.

gladis3out19.jpeg

Leia a seguir a entrevista com a professora Gladis Massini-Cagliari, pró-reitora de graduação da Unesp, sobre a divulgação dos resultados do Enade de 2018 e a repercussão do bom desempenho dos cursos da Universidade na avaliação.

Portal da Unesp: Quase todos os cursos da Unesp obtiveram conceitos iguais ou melhores no Enade de 2018, em comparação ao exame anterior das áreas avaliadas. Quais as razões para esse avanço?
Gladis Massini-Cagliari: Há algumas razões que explicam o melhor desempenho dos cursos da Unesp nesse ciclo de avaliação do Enade. Em primeiro lugar, deve-se ressaltar que, agora, os conceitos obtidos refletem mais proximamente a qualidade dos cursos, algo que não estava acontecendo antes. Algumas iniciativas da Prograd ajudaram nesse sentido. Em primeiro lugar, a transferência do Pesquisador Institucional para a Prograd auxiliou no melhor controle na informação dos dados ao Inep no Censo da Educação, evitando que possíveis erros prejudicassem a avaliação. Outra iniciativa vem a ser a realização da campanha de participação responsável no Enade, capitaneada pela Prograd, junto com os coordenadores dos cursos avaliados e os centros e diretórios acadêmicos. Essa campanha consiste na divulgação de informações no sentido de uma maior conscientização dos alunos quanto à importância de um bom desempenho no Enade. 

Portal da Unesp: O que representa o bom desempenho da Unesp no Enade?
Gladis Massini-Cagliari: Além de os conceitos refletirem melhor a qualidade dos cursos da Unesp, o bom desempenho é importante porque, em termos de empregabilidade, aumenta as possibilidades de nossos egressos em processos seletivos para empregos que consideram o desempenho do curso no Enade como critério. Entretanto, a maior importância está em preservar a autonomia didático-pedagógica da Universidade, uma vez que os cursos avaliados nos conceitos superiores 4 e 5 têm reconhecimento automático pelo Conselho Estadual de Educação.

Portal da Unesp: Cursos de Psicologia que estavam com conceito 1 saltaram para o conceito 5. A Universidade está conseguindo conscientizar os estudantes sobre a importância de uma participação responsável no Enade?
Gladis Massini-Cagliari: O conceito 1 obtido anteriormente de modo algum refletia a qualidade dos nossos cursos de Psicologia. Bastou que não houvesse boicote ao exame que o conceito obtido já passou a refletir a boa qualidade dos nossos cursos. Assim, consideramos que a campanha de participação responsável no Enade, na qual os centros e diretórios acadêmicos têm tido uma participação importante, tem conseguido conscientizar os alunos.

Portal da Unesp: Acredita que o Enade possa servir de referência a quem está se preparando para prestar o Enem e os vestibulares de universidades públicas?
Gladis Massini-Cagliari: Desde que se tenha em mente a estrutura e os objetivos do exame, sim, ele poderia ser considerado como um dos subsídios para a escolha do futuro curso, porém não o único.


Artigos Relacionados