​Congresso Nacional agora tem Frente Parlamentar em Defesa das Apaes

Presidente Cristiany de Castro, da Feapaes-SP, foi escolhida secretária executiva da Frente Parlamentar

Postado em: em Filantropia

Foi lançada na quinta-feira de manhã (23) no auditório Freitas Nobre, na Câmara dos Deputados, em Brasília, a Frente Parlamentar Mista em Defesa das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes).

O relançamento do grupo foi proposto pelo deputado Marcio Alvino (PL-SP), com a intenção de fortalecer essas entidades que lutam pela defesa dos direitos das pessoas com deficiência.

O colegiado buscará, entre outras ações, atuar na inclusão social da pessoa com deficiência e na fiscalização de políticas públicas nesse âmbito.

No ato de relançamento, além da definição de Marcio Alvino como presidente da Frente Parlamentar, foi escolhido o deputado Eduardo Barbosa como coordenador e vice-presidente.

A presidente da FEApaes-SP, Cristiany de Castro, foi escolhida como secretária executiva da Frente Parlamentar por sua experiência no trabalho em prol da inclusão da pessoa com deficiência.

A Frente Parlamentar Mista em Defesa das Apaes, em seu relançamento, já conta com a adesão de 205 Deputados e de seis senadores. “Trabalhar pela inclusão e a qualidade de vida das pessoas com deficiência é o sentido do meu mandato parlamentar”, declarou o deputado Márcio Alvim, Presidente da Frente. “Juntos somos fortes”, emendou o deputado Eduardo Barbosa, Vice-Presidente.

Cristiany de Castro afirmou que vai utilizar toda experiência adquirida na defesa das Apaes e no seu trabalho como presidente da Feapaes-SP para dinamizar as atividades e obter conquistas que facilitem o trabalho de inclusão social e, principalmente, a manutenção das entidades que lutam com dificuldades para prestarem um serviço de qualidade para todos os necessitados.

Uma das grandes incentivadoras do relançamento da Frente Parlamentar, Cristiany de Castro declarou o empenho da Frente em favor do movimento apeano do Brasil para realizar as defesas necessárias em prol das pessoas com deficiência intelectual e múltipla atendidas pelas mais de 2.100 Apaes em todo o Brasil.

“Não fossem as Apaes, muitas dessas 350 mil pessoas atendidas diariamente não teriam uma vida digna”, afirmou a presidente da Feapaes, acrescentando conhecer os grandes desafios. “Nos propomos aqui a defender permanentemente que o princípio constitucional da dignidade da pessoa humana alcance todas as pessoas com deficiência”.



Artigos Relacionados