Comissão de Educação aprova aulas de robótica na rede estadual paulista

A medida irá tramitar na Comissão de Planejamento, Finanças e Orçamento antes de ir para votação no plenário

Postado em: em Educação

​Os alunos do ensino fundamental das escolas estaduais poderão ter uma novidade na grade curricular: a disciplina de robótica. 

A proposta quer estimular a criatividade e desenvolver o raciocínio lógico dos alunos para execução de projetos vinculados aos softwares das maquetes. 

Este e outros 23 itens foram discutidos pela Comissão de Educação e Cultura da Alesp em reunião na terça-feira (14/5). 

Vice-presidente da comissão, o deputado Daniel José (NOVO) defendeu a importância de propostas como essa, mas alertou para cuidados que devem ser tomados.

"A ideia de ensinar robótica nas salas de aula da escola pública é muito louvável, mas a capacidade do governo do estado de aplicar em todas as 5.500 escolas é inexistente, tanto em relação ao capital humano quanto aos equipamentos necessários para as aulas", declarou. 

O Projeto de Lei 698/2017, do ex-deputado Gil Lancaster, sugere incluir a robótica na grade de todas as séries do ensino fundamental da rede pública, dando prioridade ao nono ano.

Após passar pela Comissão de Educação e Cultura, a medida ainda irá tramitar pela Comissão de Planejamento, Finanças e Orçamento antes de ir para votação em Plenário. 

Também estiveram presentes na reunião os deputados: Aprígio, Erica Malunginho, Gilmaci Santos, Leci Brandão, Professor Kenny, Professora Bebel, Roberto Engler e Valeria Bolsonaro.


Artigos Relacionados