Um BRASIL musical

Postado em:

Acabaram as eleições!

O presidente enfim foi eleito! Jair Messias Bolsonaro.

Um Brasil se separou entre vermelhos e amarelos, brancos e pretos, arco-íris e cor única, e tantos outros separatismos. Que lamentável! Um Brasil de tantas cores e sons se resumir a uma guerra sem sentido...

Sim, sem sentido, porque as oportunidades numa democracia são dadas a todos. Assim como na música... Este nosso Brasil tem ritmos os mais variados no país inteiro soando nos 4 cantos deste vasto país e as pessoas se regozijam como querem com seus sons e cores prediletos. Este é o BRASIL de todos nós. É o Brasil que sempre recebeu estrangeiros de braços abertos, que é um povo acolhedor, hospitaleiro, alegre, que dá a volta por cima e segue em frente, que comemora todo final de semana algum fato particular, que vive intensamente, sofre mas sorri ... Quantas vezes vi reportagens de pessoas passando pelas maiores dificuldades neste país e ainda tinham um sorriso no rosto dizendo que tudo iria melhorar.

Quero lhes apresentar um casal de nômades que conheci pelo Instagram. Bardo e Fada. Comecei a segui-los porque achei estas pessoas muito interessantes, viajam o Brasil numa Kombi, ficam felizes em terem encontrado um fogareiro que acende com gravetos e postam no insta. Colocam fotos da belíssima natureza do nosso país e elogiam nosso povo a todo instante dizendo que a violência está nos olhos de quem vê. Fico tão feliz em existirem pessoas como eles...que nos ensinam a simplicidade. Músicos de muito talento. Viva a Música!

 

E falando de nômades, família, viagem e música, aproveito para lhes contar de uma conversa que tive com um amigo também professor de música.

Se vocês assistiram aos vídeos de Bardo e Fada, viram que eles têm 2 filhas que viajam com eles desde Novembro de 2016, estudam, participam das composições e fortalecem o núcleo familiar.

Estávamos comentando sobre a solidão das crianças de hoje em dia. Elas tem muitos objetos, de variadas formas, mas estão completamente sós. Pré-adolescentes vivem em seus mundos sozinhos e ao mesmo tempo conectados com o mundão virtual , jogos e situações que não lhes acrescentam VIDA!

Quantas crianças e jovens aprendem a tocar um instrumento? Quais os pais que se preocupam em fazer com que seus filhos DESENVOLVAM HABILIDADES através do estudo de um instrumento musical, através de viagens em família, através do conhecimento de um outro idioma, através de um jogo de baralho em casa mesmo, unindo a família ou então num daqueles jogos de pergunta e resposta onde todos brincam juntos ou mesmo naquele de detetive onde alguém tem que piscar para o outro ? Um pega-varetas onde todos participem, um jogo do mico onde dá aquele friozinho na barriga em quem saiu com a carta do danadinho mico...

Também estive conversando com profissionais da área da saúde e descobri que existe uma quantidade muito grande de adolescentes desistindo da vida e internados em hospitais ou encaminhados para casas de tratamento psicológico ou dependência química.NINGUÉM MOSTROU UM INSTRUMENTO MUSICAL A ELES... ninguém os fez descobrir o que tem dentro deles de talentos para que se conheçam e se valorizem.

Ora... que isso mude ! Que possamos ter mais jogos de cartas em família , de perguntas e respostas, de pega-varetas, que possamos compor em família músicas que falem de ESPERANÇA !Músicas que falem de amor, de projetos de vida, de Deus, de natureza, enfim das belezas que existem e que são descartadas para dar ouvidos ao que é TERROR, terrível, que dá ibope, notícia e permitimos que as TVs entrem em nossas casas e destruam a nossa capacidade de conviver!

FELIZ DIA A TODOS!

FAÇA UMA MÚSICA HOJE .ESCREVA UM POEMA.

Ouça uma música POSITIVA !

Bom dia amigo ! Bom dia amiga!


Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

ELEIÇÕES

Postado em:

​Gostaria de deixar uma crônica onde possamos imaginar um mundo ideal para todos e eleger quem pudesse oferecer à humanidade algo que a tornasse melhor e mais feliz. Neste caso eu elegeria LUDWIG VAN BEETHOVEN que se preocupou em deixar a 9ª Sinfonia, estando ele completamente surdo ainda conseguiu escrever esta obra intrigante que em sua 4ª parte, se inspira no Poema de Schiller – Hino à Liberdade, porém a censura da época não permitiu que o título fosse tão anarquista e então nomearam a parte Coral de Ode à Alegria , hoje eleita o Hino da União Européia.

Ode À Alegria

Oh amigos, mudemos de tom!

Entoemos algo mais agradável

E cheio de alegria!

Alegria, mais belo fulgor divino

Filha de Elíseo

Ébrios de fogo entramos

Em teu santuário celeste!

Tua magia volta a unir

O que o costume rigorosamente dividiu

Todos os homens se irmanam

Onde pairar teu voo suave

A quem a boa sorte tenha favorecido

De ser amigo de um amigo

Quem já conquistou uma doce companheira

Rejubile-se conosco!

Sim, mesmo se alguém conquistar apenas uma alma

Uma única em todo o mundo

Mas aquele que falhou nisso

Que fique chorando sozinho!

Alegria bebem todos os seres

No seio da Natureza

Todos os bons, todos os maus

Seguem seu rastro de rosas

Ela nos deu beijos e vinho e

Um amigo leal até a morte

Deu força para a vida aos mais humildes

E ao querubim que se ergue diante de Deus!

Alegres, como voam seus sóis

Através da esplêndida abóbada celeste

Sigam irmãos sua rota

Gozosos como o herói para a vitória

Alegria, mais belo fulgor divino

Filha de Elíseo

Ébrios de fogo entramos

Em teu santuário celeste!

Abracem-se milhões de seres!

Enviem este beijo para todo o mundo!

Irmãos! Sobre a abóbada estrelada

Deve morar o Pai Amado

Vos prosternais, Multidões?

Mundo, pressentes ao Criador?

Buscais além da abóbada estrelada!

Sobre as estrelas Ele deve morar.  

https://www.letras.mus.br/ludwig-van-beethoven/3636/traducao.html

Mas se fôssemos pensar em alguém que se preocupou com a cultura musical e também em valorizar os músicos , procurando divulga-los pois já era famoso e poderia trazer consigo mais amigos, mais parceiros, mais compositores para levarem suas mensagens para uma humanidade melhor, eu elegeria FRANZ LISZT.

Elegeria Franz Liszt pela sua capacidade musical acima de tudo, seu talento, sua criatividade, inventividade, mas também pelo homem humano, preocupado com outros seres humanos, o criador dos Masterclasses para que os músicos pudessem comungar a música todos juntos. Pela homenagem que ele fez a Beethoven mandando fazer uma estátua de bronze gigantesca para colocar na cidade de Bonn, por tudo o que ele representou enquanto homem, espírito inspirado e inspirador e cumpridor de sua missão com louvor! Um músico que atravessou o século XIX e fez composições dos mais variados estilos, do profano ao sagrado.

https://www.dw.com/pt-br/franz-liszt-um-g%C3%AAnio-que-merece-ser-reavaliado/a-15479692

E assim, gostaria de ELEGER um missionário para cuidar do Brasil, um missionário da música , altruísta, sensível... competente, idealista, prático, trabalhador, como foram estes dois músicos citados hoje!


 Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

Cada um em seu quadrado

Postado em:

Ano de 2018. Acredito que estamos vivendo sob intensa pressão, um nervosismo tomou conta do país e das pessoas que tentam se equilibrar mediante uma guerra entre disputas para o poder.

Neste contexto existe a música permeando os momentos.

Os noticiários com fatos e mais fatos sobre violência de todos os tipos.

Ideologia de gênero, opção sexual, sexualidade, preconceito e tudo mais.

Bom seria se cuidássemos de nosso quadrado porque ele tem reverberação onde estamos.

Cuidar da música que ouvimos.

Cuidar do estudo que estamos fazendo. Estudar sempre, seja o que for, mas estar estudando.

Ler um bom livro, acrescentar novas informações à vida, nova conduta, novas posturas emocionais.

Estudar um instrumento musical.

Respeitar as escolhas do outro.

Respeitar a estrada do outro.

Respeitar a cultura do outro.

Investir em EDUCAÇÃO, na educação pessoal, nas escolhas pessoais, na responsabilidade que é só da gente.

Ninguém depende do governo para fazer escolhas em suas vidas. Elas podem ser feitas sem apadrinhamento seja ele qual for.

Tomar posse da sua vida, das suas responsabilidades, assumir que você é dono de si mesmo.

Vou compartilhar um lindo vídeo que recebi esta semana, falando sobre O SEU MANDATO.

E fica o recado...

Cuide do seu quadrado !

https://www.facebook.com/sergiomeneguellicolatina/videos/170521497214439/UzpfSTEwMDAwMDYyODE0ODE1NzoyMTEwMjI4Njg1Njc0NzE2/

https://www.facebook.com/SargentoFahur10/videos/17...

Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

Degradação da música e de um povo

Postado em:

Quando ouço pessoas gritando sons de desabafo, tristeza, melancolia, ódio, vingança, ameaças veladas, desavenças as mais variadas...

Quando ouço pessoas 'cantando' sem nem saber respirar nas frases, se vendendo na mídia e aquilo fica ecoando nas casas insistentemente, hipnotizando as pessoas...

Quando ouço a pobreza de composições que não saem dos dois ou três acordes e ficam martelando aquilo de forma viciosa ao cérebro...

Me pergunto o que está acontecendo...

Onde estamos? O que estamos ouvindo?

Por que tantos crimes passionais?

Se a música é uma hipnose e ela tem emitido estes sons negativos, as pessoas estão hipnotizadas e saem cometendo atrocidades.

Já dizia Beethoven :“A música é uma hipnose, ninguém pode se ver livre dela”.

No livro O PODER OCULTO DA MÚSICA, de David Tame, ele descreve como o imperador da China resolvia os conflitos em determinada região: enviava músicos para verificarem os sons que estavam sendo emitidos e consertarem a vibração através da música.

O recado hoje é curto, sério, reflexivo:

- Que tipo de música estamos ouvindo e sendo hipnotizados por ela?


Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

AS PESSOAS ACORDARAM!

Postado em:

Vejo um Brasil com brasileiros mais conscientes das necessidades do país!

Vejo seres humanos buscando melhoria intelectual, bem-estar físico e emocional.

Parece que o terceiro milênio está se manifestando agora com a nova proposta de conduta.

Não tenho mais horários online , muito menos presenciais. Só consigo atender alguma pessoa, quando outra falta, ou quando alguém tem algum tipo de problema que não consegue mais frequentar as aulas.

Existe uma nova consciência, ou uma consciência que está sendo RECUPERADA, quando houve na Educação familiar a ‘ obrigatoriedade ‘ de se oferecer a um filho o estudo de um instrumento musical.

Aquela história de que a luz no fim do túnel estaria chegando , é verdadeira .. Estamos caminhando para sair da escuridão e vermos a luz. Digo isso, pois sinto no meu trabalho, através das prioridades que as pessoas dão para seus projetos de vida. A música está entre os primeiros lugares e não mais uma roupa de marca, um sapato caro, um carro do ano, um gasto supérfluo. A ficha caiu para muitos. Ainda existem aqueles deslumbrados com o TER em detrimento do SER.Mas acredito que a NOVA CONSCIÊNCIA CHEGOU para muitos, chegou para quem se abriu e buscou.

Não quero falar de política e discutir o sexo dos anjos. Para mim, a mudança está em cada um, em seu âmbito particular e individual.Isso sim muda um país e o mundo. Mudanças individuais de respeito, conduta, consciência, EDUCAÇÃO, HONESTIDADE.

Quando lemos uma partitura, são tantos os detalhes que alguns alunos se perguntam se vão se lembrar disso tudo na hora de executar. Então a resposta é : faça o pequeno e alcance o grande.Estude dia a dia as pequenas coisas e logo, sem perceber, estará com um repertório vasto.

Isso reverbera na vida . A pessoa que tem paciência de se sentar e destrinchar os segredos de uma partitura e decodifica-os transformando-os em sons, vai colocando em seu cérebro, informações de como se adquire um novo hábito! Ninguém pode ter a ideia de como será uma música senão descobri-la por inteiro tocando-a. Imagine que não se tem a música gravada, não há quem a tenha tocado ainda e está ali uma partitura, que precisa ser “desbravada”, para depois conhecer o exato som daquela proposta.

Assim, na política... conhecer a biografia por inteiro.




Não é um público inculto que vai julgar as artes, mas são as Artes que mostram a cultura de um povo". Heitor Villa-Lobos

Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​


Ainda sobre afinadores de piano

Postado em:

Esta semana recebi a visita do DOUTOR PIANO, representante da fábrica ESSENFELDER que reabriu a todo vapor em Curitiba.

Com um carro todo estampado com muito bom gosto, as atividades do Dr. Piano, eles viajam pelo Brasil.

E minha felicidade foi muito grande ao ver que eles estão atendendo cada vez mais pianos, a fábrica reabriu em Curitiba, mais pessoas estudando piano neste nosso país, descobriram a utilidade e o quanto é prazeroso!

Experimentaram meus 3 pianos, fizeram suas avaliações, e a melhor notícia é que vão também fazer a experiência com o 432 Hz para sentirem de perto, afinando um de seus pianos e observando os resultados. Sim, experimentar é o caminho! Gostaram do som dos meus pianos, se sentiram bem na Sala Franz Liszt e ficamos muito empolgados em sairmos das redes sociais para a vida real!

Hoje deixo apenas esta notícia de que HÁ ESPERANÇA para a EDUCAÇÃO NESTE PAÍS, pelo menos a Educação Musical melhora a cada dia!

Viva !

Vamos desenvolver Habilidades e Competências através do estudo de piano!

Gratidão a este casal super simpático, ético, que não se nega a pesquisar, conhecer e principalmente desfrutar de uma amizade sincera e de um som diferente que traz harmonia, paz, tranquilidade e por que não, a cura!


Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

OS DESAFIOS DOS MESTRES DA MÚSICA

Postado em:

Aqui pensando em Johann Sebastian BACH – que perdeu a visão, passou por cirurgias sem anestesia e de nada adiantou.

Bach que deixou um legado para todos os que vieram depois dele...

Beethoven que ficou surdo e compôs a 9ª Sinfonia estando completamente surdo...

E de Chopin que sobreviveucom tuberculose , mais tempo do que os de sua época...

Schubert que enfrentou uma sífilis naqueles tempos que não tinha remédio e morreu tão cedo...

Schumannque por causa da sífilis enlouqueceu... mas no hospício continuou compondo.

Neste momentos reavaliamos a missão, as dificuldades, a força interior, a luta por um ideal e o quanto tudo para eles foi penoso...

Seria isto um recado à humanidade?

Seria isto um exemplo de superação e força?

Ao mesmo tempo me solidarizo com eles na indignação de terem que enfrentar tamanhas dificuldades em suas missões de salvar a humanidade com suas composições...

A ansiedade de ver o tempo passando e esperar os caprichos do destino e seus desafios... Questiono sobre a Justiça... E me culpo por questionar isso também.

Um pouco de escuta musical para hoje. Reflexões e pedidos a Deus para que a humanidade receba a misericórdia divina !


Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

RESGATANDO OS BONS HÁBITOS - QUANTOS PROFESSORES DE PIANO TEM EM FRANCA?

Postado em: - Atualizado em:

Nesta semana é aniversário de morte de Franz Liszt – dia 31 de Julho. O grande pianista e compositor do século XIX. Então vamos iniciar um resgate histórico da cidade de Franca contando as histórias dos pianos que existem na cidade. Contamos com todos vocês contribuindo com fotos e a história de algum piano que você conheça, ou o seu próprio piano ou se um dia teve um.

Conversando com um amigo hoje, estávamos comentando sobre a quantidade de professores de piano e as diversas metodologias.

Posso informar aos leitores que temos pelo menos 27 professores que eu tenha conhecimento que lecionam piano. Devem existir muito mais se considerarmos os professores de teclado.

Mas de piano acústico consegui elencar 27 profissionais em Franca. Região também tem bastante.

Isso acaba vindo ao meu conhecimento porque muitos professores compraram meus livros e dou assessoria online, e alguns professores me procuram para fazer aperfeiçoamento com aula presencial.

Fico muito feliz que o PIANO esteja entrando nas casas cada dia mais. Sempre tenho notícias de alguém acabou de comprar um piano, me perguntam sobre afinador, ou me procuram para aulas ou me contam que tem aulas com esta ou aquela professora.

Aproveito para homenagear os profissionais que cada dia mais se dedicam à afinação de pianos. Em Franca temos o Clayton que domina o mercado com excelência.

Em São Paulo temos vários e cada dia aparecem mais afinadores. Existe um grupo numa página do Facebook só de afinadores de piano e cada dia aumentam mais os profissionais nesta área.

A família Aronne em São Paulo, está cada dia mais se aperfeiçoando e seguindo o exemplo do pai, Giovanni Aronne, o melhor afinador da América do Sul segundo a Folha de São Paulo há alguns anos. 

Ribeirão Preto tem 3 lojas de pianos que me conste oficialmente. E vários afinadores.

Em Porto Alegre tem o Person Losekan e colaboradores.

Em Curitiba o Dr. Piano. E a novidade maior: REABRIU A FÁBRICA DOS PIANOS ESSENFELDER EM CURITIBA. Sinal que há procura.

Se entramos no Facebook e procurarmos por AFINADOR DE PIANO, VAMOS VER A QUANTIDADE .. E todos estão muito ocupados, com agenda cheia.

Isso é uma excelente notícia, de que nosso povo está sabendo valorizar o que é bom.

Resgatando o que é bom. O som puro de um piano acústico. Tenho bastante procura para aulas para adultos, especialmente professores. Formando lista de espera para 2019.

Isso vem comprovar como está crescendo o interesse das pessoas pelo instrumento, pelo estudo da música, por um desenvolvimento pessoal através do estudo do piano.

Vou citar os nomes de professores em Franca:

Alcione, Carolina, Célia, Denis, Jane, Joice, Juliana, Levi, Lisiane, Lúcia, Maísa, Maria Angela, Marlene, Marisa, Marina, Margarida, Marilene, Maria Inês, M.Helena, Renato, Priscila, Priscila 2, Renata, Renatinha, Rosemeire, Telma, Valéria.

A todos estes meus colegas e outros que agora não me ocorrem, desejo que continuem cada vez mais fazendo os pianos soarem nesta cidade e que a vibração seja cada vez maior.

Esta cidade é mesmo uma cidade musical!

Não conheço uma cidade do tamanho de Franca que possua tantas escolas de música como aqui, tantos professores particulares de piano como aqui e de outros instrumentos também. Tenho certeza que dos 27 nomes que consegui elencar, ainda faltam outros tantos, que deve chegar ao dobro disso.

Lutherias temos algumas em Franca também. E cada dia alguém se interessa por esta profissão e monta seu canto de trabalho.

FRANCA É UMA CIDADE MUSICAL. A sua história já conta isso.

Deixo uma pergunta aos leitores:

Quantos pianos temos em Franca?

Mande a foto de seu piano! Pode ser para o email: salafranzliszt@gmail.com. Acredito que será uma ótima pesquisa! Conte a história do seu piano, a quem pertenceu, quantos anos ele tem, etc. Vamos fazer este levantamento?

https://www.facebook.com/Pianos-da-cidade-de-Franca-suas-Hist%C3%B3rias-316771735794308/?notif_id=1535592428000760¬if_t=page_fan

https://www.facebook.com/rapsodiaassessorias/?modal=admin_todo_tour


Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

ESCOLHAS

Postado em:

https://www.facebook.com/mariaangela.pires/videos/2033916416639277/

Estamos no ano das escolhas...

Escolha política...

Escolhas pessoais...

Escolhas...

E nestas escolhas, incluo as escolhas musicais.

Escolhas educacionais...

Escolhas culturais...

No Grupo de Apoio à Didática do Piano que formamos como troca didática e assessorias, estivemos conversando sobre escolhas esta semana.

E compartilho com esta coluna de FOFOCAS MUSICAIS, a vida particular de cada professor de piano em seus afazeres. Vejam esta realidade:

  • Não ter faxineira – vários motivos: dinheiro, cuidados com o piano que muitas não tem, encontrar pessoa de confiança...
  • Não pagar convênio médico -devido aos valores que estão os convênios, o professor não tem mais condição de pagar um convênio médico.
  • Quando tem carro, não dá pra pagar seguro do próprio carro.
  • Instituto de beleza nem pensar devido aos preços. Então se tinge cabelo aos domingos em casa, aprende-se a fazer a própria unha, cortar o próprio cabelo.
  • Adota-se um terninho de aeromoça ou uniforme da escola de música ou se cria um, para estar sempre apresentável.
  • Lava e passa a roupa em casa mesmo.
  • Tira um sábado para feira , supermercado, varejão- isso quando não tem trabalho no sábado, tocar em casamento, festividades de igreja, etc.
  • Lazer é coisa de um passado distante. Restaurantes, viagens, concertos ou qualquer outra atividade de lazer está cortado.

O professor escolhe, no lugar destes gastos, comprar livros, materiais diversificados, fazer cursos, mandar afinar o piano, ter disponível um ambiente que exige sempre um investimento, ar condicionado, boa iluminação, materiais de papelaria, impressora, xerox, notebook, videoteca, TV, DVD, água mineral,etc, etc etc.

Estou apenas relatando o que é comum a todos os profs do grupo. Alguns ainda têm outros diferenciais.

Então o professor escolhe a QUALIDADE DE ENSINO EM GERAL E O APRIMORAMENTO PESSOAL , deixando de lado aquela série de necessidades .

E os pais das crianças?

-quantos pais matriculam seus filhos num curso de piano ou qualquer instrumento musical ?

-os que matriculam, quantos persistem e entendem como parte da formação integral?

ESCOLHAS...

Mais uma vez falamos de escolhas.

No facebook recentemente publicaram um bilhetinho que dizia mais ou menos assim: - se você dormiu tarde e mesmo assim acordou cedo pra trabalhar, cuidado, podem dizer que você tem sorte quando tiver êxito.

Nas escolhas de hoje selecionamos alguns vídeos que espero façam a diferença em suas vidas.

https://www.facebook.com/theviolinchannel/videos/2047791208628177/UzpfSTEwMDAwMDYyODE0ODE1NzoyMDQwMDg1ODY2MDIyMzMy/

https://www.facebook.com/duartedanza/videos/1469941606435026/UzpfSTEwMDAwMDYyODE0ODE1NzoyMDQwMTA0MjI2MDIwNDk2/

https://www.facebook.com/mariaangela.pires/posts/2039591332738452?notif_id=1534951069883808¬if_t=feedback_reaction_generic

https://www.facebook.com/BeethovenNBeyond/videos/221052818476990/UzpfSTEwMDAwMDYyODE0ODE1NzoyMDM3NDgxOTM5NjE2MDU4/

https://www.facebook.com/mariaangela.pires

E por último quero comentar este vídeo acima... que me parece mais comum do que imaginamos.

Hoje eu estava numa fila de espera do IAMSPE e uma mãe com celular o tempo todo e duas crianças, uma de uns 2 anos e outro menino de uns 6 anos.A mãe encarregava o menino de olhar a irmãzinha que o tempo todo vinha perto de mim brincar.

E de repente chega outra mãe com duas crianças também muito pequenas e ela no celular... e a criança chorando e pedindo atenção. Provavelmente estava doente, pois estava ali num plantão médico.

ESCOLHAS...

Que geração teremos no futuro?

PAIS GRUDADOS NUMA MÁQUINA E SE ESQUECENDO DO PEQUENO SER QUE ESTÁ ALI IMPLORANDO SUA ATENÇÃO...

Isso é triste demais!

Amigos...gostaria que pudéssemos mudar esta escolha do celular...


Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​

PNL & PIANO PIANO & TERAPIA PIANO & PIANO

Postado em: - Atualizado em:

Bom dia pessoal!

Questionam-me de novo sobre o UNIVERSO tão vasto do estudo do piano e a quem ele atinge, porquê atinge, como atinge, para que serve, quais os resultados, como atingir o resultado , etc. Enfim, vamos tentar elencar em tópicos resumidos , para uma reflexão:

1.Programação Neuro-Linguística & Piano -Sim, descobrimos esta ferramenta essencial para estudar piano , produzir em menos tempo o resultado, focados nas técnicas corretas. E não tem fórmula. Para cada pessoa uma necessidade diferente. Crenças limitantes, cada um tem as suas que precisam ser trabalhadas. Além da mudança de pensamento, existem as músicas e exercícios que atingem o âmago de cada ser para que haja um melhor resultado, mais rápido, eficiente e que possa reverberar em suas vidas , comportamentos, relacionamentos, trabalho, lazer e ocorrer uma nova PROGRAMAÇÃO. Para isso, o treino é fundamental, para que durante o mesmo se possa INCORPORAR a nova conduta e ela possa se expandir em todo o ser. Não há necessidade de quantidade mas de qualidade de estudo.



2. TERAPIA - o piano funciona como terapia? Claro que sim, mas não é como muitas pessoas pensam: “a professora de piano vai ouvir meus problemas e me ajudar”. Não é assim. Professor de piano é professor de piano. O que ocorre é que durante o estudo e as aulas vão aparecendo dificuldades e facilidades tanto motoras como emocionais que vão mostrando o que precisa ser trabalhado com aquela pessoa para que ela tenha um bom resultado ao piano. Quando se trabalha uma dificuldade ao piano, ela vai desaparecendo e a pessoa não tem mais dentro dela aquele entrave, por isso reverbera em sua vida, comportamento, relacionamentos, trabalho, enfim... A terapia é feita utilizando METODOLOGIA para tocar o piano. Não é feita de conversas entre professor e aluno. Quando existe essa necessidade é preciso procurar ajuda de um profissional que seja capacitado para isso, um psicólogo por exemplo, que vá ajudar a pessoa a organizar–se emocionalmente. Mas no caso TERAPIA & PIANO é preciso cautela do aluno ao buscar no professor um terapeuta. E também cabe ao professor não aceitar este título (muitas vezes nos envolvemos porque nos compadecemos e nos afeiçoamos ao aluno). Então, haver um policiamento para que o professor trabalhe as dificuldades da pessoa através de músicas para serem tocadas e vencidos os desafios, ou técnicas apropriadas para tal.

3. PIANO & PIANO – tão somente pensar no estudo de piano como desenvolvimento musical, técnico, interpretativo, de expressão, para se tornar um(a) pianista. O foco estará numa programação densa, geralmente utilizada em conservatórios, para que o aluno tenha uma formação completa, profissionalizante, e faça disso a sua profissão nas mais variadas vertentes: sendo pianista ou professor ou em qualquer área musical que possa atuar utilizando os conhecimentos que obteve no curso. Quando me formei em piano, recebi um certificado do MEC com habilitação em TEORIA MUSICAL. HISTÓRIA DA MÚSICA, PERCEPÇÃO, SOLFEJO, PEDAGOGIA, FOLCLORE, ORFEÃO, e outras matérias complementares, além do PIANO, é claro.


Aqui fazemos breves relatos e comentários. Para entrarmos neste assunto que é um UNIVERSO, o qual ainda não elencamos tópicos como terapia ocupacional e outros, é preciso que haja um grande tempo para uma conversa mais abrangente. Espero ter respondido algumas perguntas por aqui, mediante a minha visão ou maneira de pensar que adquiri até agora. Como a vida é uma constante transformação, estou aberta para adquirir novos conhecimentos a respeito. BOA SEMANA A TODOS!   

Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.​