Cheiro de história

Postado em:

Cinco dias depois do casamento real, e uma das principais pautas das notícias dessa semana ainda é essa história de contos de fadas. Já vimos a grande maioria das fotos oficiais e não oficiais, a transmissão ao vivo ou gravada, as tantas noticias, descobrimos que a primeira dança foi ao som de I wanna dance with somebody, de Whitney Houston, que slippers foram entregues para o conforto dos convidados, o cardápio servido no almoço oferecido pela rainha, que o drinque principal se chamava ‘when Harry met Meghan’, que ambos possuíam uma fragrância exclusiva feita pela Floris London, mas não se falou sobre qual era o cheiro que pairava no ar além do cheiro de amor.

Pois além de tantos outros detalhes marcantes e inesquecíveis daquele dia, eles também escolheram esse pessoalmente, um perfume que foi usado em velas e sprays para dar um toque especial na capela de São Jorge e também perfumar as acomodações dos ambientes em que eles se arrumavam para o grande dia.

Eles realmente não respiraram somente o cheiro suave das dedaleiras, peônias e bétulas, que estavam no arranjos florais espetaculares feitos por Philippa Craddock, mas umas fragrâncias nova e floral da famosa marca Francesa Diptyque, que não foi revelada, somente sentida por quem participou daquele momento. A marca que foi fundada em 1961, forneceu uma seleção de fragrâncias florais inspiradas na primavera para o casal escolher, sendo o cheiro final escolhido pessoalmente por eles. Vale ressaltar que apesar da marca ser francesa, um dos seus fundadores é inglês, Desmond Knox Leet. Não estava achando que esse detalhe passaria desapercebido por eles né?

Apesar da marca não revelar o cheiro exato, sabemos que os mais queridos e vendidos deles são Roses e Tubéreuse. E que se combinava com todo o restante do casamento era um floral sutil, elegante e moderno. Aquele simples chic que todos amamos!


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

O que perfuma sua vida?

Postado em:

Já se perguntou para que serve perfume realmente? A resposta está bem longe de suas origens, do seu motivo real de existir que pode ser explicada com palavras corretas encontradas em dicionários. O real sentido do perfume existir na nossa vida, está mais ligado com aquilo que não é tangível, como seu cheiro, ele existe, está lá presente, mas não é palpável, ele pode ser sentido apenas pelos nossos sentidos e apreciado pela nossa alma.

O perfume é aquilo que antes de você perceber, ele já penetrou seu subconsciente e se alojou em algum cantinho ali, seja do lado que agrada ou que desgosta. Ele é o sentido mais importante dos 5 que possuímos, porque é o único que você pode sentir sem esforço, até mesmo de olhos fechados, ele pode chegar a você sem o mínimo de aviso.

Mas e se eu te perguntar algo simples, será que você saberia me responder: O que perfume a sua vida? Sim, escutei por muitos anos da vida na minha família, dizendo que detalhes, como a ‘cereja do bolo’ era um ‘perfume’, algo que dava o toque final a alguma coisa, ou uma situação. O que seria esse perfume na sua vida?

Acordar e agradecer por ter aberto os olhos? Tomar um delicioso e aromático café pela manhã admirando o lindo dia que acaba de começar? Ter a oportunidade de lidar com situações das mais diversas e conhecer pessoas através do que você faz, e crescer ainda mais através dessa experiência? Sentar num banco e admirar as belas coisas ao seu redor? Ganhar flores? Sua comida favorita? Ter amigos? Provocar um sorriso ou uma gargalhada? Ver o sol se pôr? Encontrar desenhos nas nuvens? Ligar o rádio e sua música favorita estar tocando? Ganhar o primeiro pedaço do bolo? Dançar como se ninguém tivesse te olhando? Receber uma carta? Reencontrar alguém querido? Comprar algo que se queira muito? Ganhar um elogio sincero? Dormir com o coração em paz?

Seja lá o que for que perfuma a sua vida, que chega sem pedir licença e encanta tua alma, espero que isso te encontre hoje e te arrebate o coração. Que deixe seu dia mais leve e feliz! Don’t worry, be happy!


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Sustentabilidade chegando na vida turística

Postado em:

Viajar é realmente um prazer, conheço bem poucas pessoas que não tenham amor por essa prática. E um dos luxos que os hotéis tem o costume de oferecer ao seus clientes são os amenities, essa palavra ainda é pouco conhecida, mas a tradução seria os cosméticos e produtos disponibilizados para a higiene e comodidade dos hóspedes no hotéis, como shampoos e sabonetes.

A notícia que saiu essa semana pela rede Marriott Internacional e a InterContinental Hotel Group, pode parecer ruim para muitos viajantes, mas na verdade é um grande passo quando o mundo precisa ser mais sustentável. Esses dois dos maiores conglomerados de hotéis do mundo, anunciaram que irão substituir os itens por invólucros maiores, que poderão ser reabastecidas e dificilmente irão parar na bagagem dos hóspedes.

De acordo com o The Wall Street Journal, 450 unidades da rede Marriot Internacional já estão substituindo as pequenas embalagens de 20ml por recipientes maiores, de aproximadamente 250ml, que poderão estar afixados na parede junto ao chuveiro e podem ser acionados por válvulas bombeáveis. A meta da rede é atingir até 1500 hotéis até Janeiro de 2019.

Muitas das bandeiras usadas por viajantes já estão acontecendo, como: Courtyard by Marriott, Residence Inn, TownPlace Suites, Fairfield Inn, SpringHill Suites, Four Points e Moxi. Já hóspedes da rede IHG deverão notar a diferença em unidades de bandeiras como Holiday Inn Express, Staybridges Suites, Candlewood Suite e Avid Hotels. A marca Even, do mesmo grupo, por sua vez, já não contava com as miniaturas desde seu lançamento em 2014.

A mudança está ocorrendo por diversos motivos além da preocupação com o meio ambiente pela quantidade de plástico que pode ser diminuída impactando positivamente o ecossistema. Assim como economia com o corte de custo na compra de tantos produtos, já que foi constatado que a grande maioria era levada como ‘coleção’ pelos hóspedes, e nem sequer usada. Problemas operacionais também foram levados em consideração. Hóspedes que viajam juntos, por exemplo, se queixam que as quantidades dos vidrinhos são insuficientes para suprir as necessidades. E os lacres de plástico que encobrem os recipientes muitas vezes provocavam entupimento nos encanamentos dos banheiros, por muitas vezes irem parar nos ralos.


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Os sons e os perfumes

Postado em:

Tudo aquilo que envolve os sentidos me atrai, a busca em unir sensações, em despertar vários sentidos, em fazer o público se encantar e ter um momento especial e inesquecível. É um dos motivos dos quais eu trabalho cm fragrâncias, e um dos motivos pelo qual no slogan é: Perfumando seus melhores momentos! Assim como o Festival de Música Internacional do Algarve, em Portugal, o FIMA que começou no dia 2 de março a 24 de maio. No último dia 20, apresentaram um incrível projeto chamado de “Os Sons e os perfumes”, que buscou unir duas das minhas grandes paixões.

Composta por Bruno Soeiro por encomenda da Orquestra Clássica do Sul (OCS), a obra é caracterizada pelo fato de cada andamento ser inspirado em uma fragrância. Cada parte da música será acompanhada pela própria percepção sensorial dos perfumes, em frente a cada assento o participante terá 4 fitas diferentes que se aliam com cada trecho da composição.

No concerto serão interpretadas as obras “SIllages” que pode ser traduzido como o rastro que o perfume deixa e também a Sinfonia n°6 “Pastoral” de Beethoven, que foi uma obra marcante, pois abriu caminho para o poema sinfônico romântico, pelo modo como abandona as estruturas clássicas da sinfonia e introduz a ligação com elementos extras musicais, como a poesiae a pintura. Por isso, foi usada pela Disney no seu filme de animação “Fantasia”. Apesar das obras terem uma diferença de 210 anos, têm vários pontos em comum, já que o Beethoven foi pioneiro em introduzir elementos não musicais numa obra clássica. Já o compositor português, que associou o cheiro dos perfumes na música, se inspirou em diversas categorias, como: fresco, floral, oriental e amadeirado.

Mas a presença da ligação entre a música e outras formas de artes na 33ª edição do FIMA, não se esgota aqui. No próximo dia 12 de maio, o FIMA muda-se para um palco montado na garagem do hotel Conrad Algarve, na Quinta do lago, para o concerto ‘Underground Wine Melodies’ que harmoniza a música clássica e a degustação de vinhos. Por exemplo: a um vinho encorpado, alia-se uma música sonoridade mais cheira, e a um vinho de verão, alia-se a uma música mais leve.

Aqui no Brasil, esperamos ansiosos para que projetos assim aconteçam e possamos nos deliciar com essa mistura de sensações e prazeres. Com certeza essa festival está sendo um sucesso!


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Novos caminhos e estratégias

Postado em:

Já tive o prazer de andar por uma boa parte do Brasil e conhecer lugares e pessoas maravilhosas. Meu avô sempre me dizia, que uma pessoa pode ter orgulho de dizer que conheceu o mundo, mas somos o único povo que pouco conhece a imensidão do próprio país, e que não sabe muito contar sobre detalhes das diversas regiões e riquezas que possuímos. E eu realmente acho que vale a pena conhecer, e se encantar por essa terra tão bonita e cheia de valor. Uma das minhas regiões favoritas é com certeza o Nordeste! Amo praias e pessoas acolhedoras, ainda mais as que amam ‘dar um cheiro’! E você acredita que a expressão foi levada tão a sério, que foi feita uma pesquisa e constatado que o nordestino é o povo que mais consome perfumes no Brasil.

A empresa responsável por essa pesquisa foi O Boticário, eles descobriram que devido ao clima quente, os nordestinos tendem a tomar uma média de três a cinco banhos por dia. E, todas as vezes há um gestual de perfumação. E além de tudo, há uma tradição antiga de se utilizar uma colônia até na hora de dormir. As fragrâncias preferidas são as mais leves e refrescantes. Por conta dessas características, a marca tem investido forte na região, os estados com maior volume de vendas são Bahia, Ceará e Pernambuco. Ganhou ainda mais clientes, quando a unidade da fábrica de Camaçari, na Bahia, foi inaugurada em setembro de 2014.

Para mergulhar ainda mais no gosto nordestino, a marca promoveu neste mês de março, no Recife, o primeiro hackaton de perfumaria do Nordeste, o Perfumathon. O objetivo principal do encontro foi desenvolver ao longo de três dias, com a ajuda dos participantes, perfumes ou um produto inovador que mudasse o atual modelo de negócios da empresa. Afinal, para o desenvolvimento de um produto ou fragrância nova, o caminho é longo. Tudo pode servir de inspiração. Pode ser uma viagem, um quadro, as tendências, a necessidade do consumidor, entre outros. É necessário te rum olhar atento no macro, e ir criando cada detalhe.

A maratona reuniu estudantes e profissionais de marketing, design e business, que buscam inovação em empreendimentos como a perfumaria. O evento contou ainda com palestras e workshops com profissionais do mercado, que além de auxiliar, também foram mentores dos participantes. Esse foi o segundo evento de inovação da marca, o primeiro foi realizado em Curitiba, na sede da empresa. O objetivo foi levar essa evento super criativo para a região mais importante da estratégia de venda deles, esse além de tudo foi o primeiro hackaton voltado para a perfumaria do mundo. No total foram cerca de 60 participantes, e as três melhores ideias levaram a premiação em dinheiro, além da possibilidade do seu projeto ser desenvolvido pela equipe do Boticário.

Que mais iniciativas como essa sejam desenvolvidas pelo mundo, porque o importante não é lançar novos produtos, mas atender a demanda e expectativa de cada cliente. Entender as reais necessidades, para que um produto seja bem sucedido no mercado.

*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Lá vem a noiva, assim como a brisa do mar Mediterrâneo

Postado em:

Em ano de casamento real e faltando apenas um mês para o grande acontecimento, muitas noticias começam a aparecer e também muita especulação. Uma noticia que saiu essa semana foi sobre uma fragrância, feita pela famosa Floris London, uma casa de perfumes com sede em Londres que está em operação desde 1730, sendo administrada por descendentes dos seus fundadores. Originalmente ela vendia produtos de higiene pessoal e de barbear. Em 1820, eles receberam um mandado real do Rei George IV (tio da Rainha Vitória, tataravó da Rainha Elizabeth II), e se tornaram fornecedores oficiais da realeza desde então. Sua clientela famosa não terminava ai, inclui também: Florence Nightengale, Winston Churchill, Sir Ranulph Fiennes e Marilyn Monroe.

Na localização original da empresa em Londres, ainda funciona a sede e loja da empresa, a fábrica se mudou para Devon. A Flor hoje oferece quatro coleções de fragrâncias: masculinas, femininas, classic e particular. E tem fragrâncias que fazem sucesso até hoje no mercado como Classic Limes (1832) e Stephanotis (1786) bem como aromas novos que se adéquam às sensibilidade modernas como Sirena (2011). A marca agora também oferece, além dos perfumes, produtos para banho e corpo com a mesma fragrância dos perfumes, velas e fragrâncias para casa. Mas um dos mais cobiçados produtos produzidos pela casa, é a personalização de aromas oferecendo a oportunidade para seus clientes de personalizar algo totalmente único. E assim a marca tem a autorização da Rainha para fazer algo sob medida para Meghan Markle se casar, a fragrância será baseada no Bergamotto di Positano, um perfume unissex que, segundo os criadores: “evoca o calor da brisa do mar mediterrâneo, luz solar e água limpa e brilhante”.

Essa fragrância contém bergamota, tangerina, e flores de laranja que dão um frescor ao mix, equilibrando com notas quentes de gengibre, madeira e âmbar. Mas , enquanto o Bergamotto de Positano pode ser comprado por cerca de US$ 180, nas lojas da Floris, a fragrância de Meghan é exclusiva e não será comercializada.

Em uma entrevista, certa vez Meghan comentou que gosta mais de perfumes cítricos do que perfumes muito doces, e revelou também que usa o Côte d’Azur Eau de Parfum da Oribe, que tem bergamota, e o London’s unissex Wood Sage & Sea Salt Cologne da Jo Malone. E claro que os convidados não ficarão na curiosidade quanto a essa surpresa, eles ganharão uma fragrância com frascos em tons de tangerina e madeira. Mas infelizmente, nós, pobres plebeus, ficaremos ‘chupando o dedo’ ou então tentando imaginar qual seria esse perfume tão especial, criado para um dia que ficará na história da família real britânica.

*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Auto-expressão multisensorial

Postado em:

O mundo está mandando a cada segundo, profissões vem sendo criadas para suprir a demanda de como as pessoas consomem informações e produtos, como a de influenciadores digitais. Você já pode encontrar vários cursos profissionalizantes para essa carreira. É a pessoa que produz conteúdo através de seus canais (redes sociais, blogs, colunas, etc) para influenciar comportamentos tanto na internet, como fora dela. Você pode procurar que vai encontrar vários tipos de ‘propagandas’ no dia a dia dessas pessoas, mas tem uma área que se sentiu prejudicada, a área olfativa, pois infelizmente os gadgets disponíveis para que você sinta cheiros por telefones e televisões, ainda não são projetos tão bem sucedidos. Os cosméticos levam vantagem nesse nicho de vendas, pois produzem efeitos visuais imediatos e até mesmo coloridos.


Por conta disso, a famosa empresa israelense Innovative Cosmetics Company, formada por especialistas em negócios (David Chissick), design (Shoval Shavit), engenharia e química (Aliza Shavit), desenvolveu e patenteou com sucesso uma tecnologia composta de pigmento perfumado que pode ser aplicada na pele, permitindo que o usuário aplique e crie um novo tipo de experiência. Unindo os mundos de perfume e cor, Amkiri permite aos consumidores a completa liberdade de auto-expressão multissensorial, algo sofisticado e ao mesmo tempo simples de usar, incorporando cosméticos, arte corporal, tatuagens e fragrâncias em um só produto.

O produto é liquido, em forma de uma tinta creme, que combina fragrância, cor e qualidade (se adapta facilmente a elasticidade natural da pele). Sua fórmula de longa duração (até 12h) é aplicada na pele através de aplicadores desenvolvidos especialmente para esse produtoem pincel, free-hand, stencil e carimbo. O produto foi criado para transportar qualquer tipo de fragrância e cor. Os produtos dessa linha devem ser lançados agora em meio de 2018, e ampliar a linha em dezembro. A empresa está construindo grandes parcerias internacionais nos setores de beleza, fragrância finas e varejo, e anunciará cada um deles no seu devido tempo.

Ultimamente as marcas de perfumes têm revolucionado esse mundo lançando formatos inéditos. Como por exemplo, em fevereiro deste ano a marca de beleza Glossier devolveu aos perfumes sólidos um lugar de destaque no mercado, lançando uma nova versão de sua fragrância ‘You’. Antes disso, no primeiro semestre de 2017, o designer Derek Lam reinventou sua linha de perfume ’10 Crosby’, apresentando uma série de adesivos de cera perfumados. Já a Maison Margiela optou por oferecer um óleo seco perfumado para o corpo.

Convido vocês a entrarem no site do produto e se deixarem levar pela criatividade com os vídeos sobre como essa incrível invenção funciona, e quem sabe muito em breve será acessível para todas as pessoas se embelezarem e se perfumarem: www.amkiri.com

*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Quando duas paixões se encontram

Postado em:

O mundo da perfumaria abrange vários detalhes, assim como outros ramos, e é por isso que em algum ponto eles acabam tendo suas semelhanças. Nesse caso, onde poderia se unir os perfumes e os vinhos? Talvez nas notas olfativas, no processo criativo, talvez na cor, rótulo, e principalmente nos frascos que guardam tão adoradas criações que poderiam ter uma lista de semelhanças. E foi assim, nos acasos que um perfumista francês se encantou por um vinho brasileiro e resolveu criar uma embalagem especial para ele, um semi-cristal vindo diretamente de uma pequena comunidade de aproximadamente 2.000 habitantes na França, chamada de Feuquières. A empresa, uma das maiores do ramo, especializada em garrafas para bebidas e vidros para perfumes, se chama Saver Glass. A garrafa é linda, em formato quadrado, que não só pode como deve ser reutilizada depois do vinho degustado, foi batizada com o nome de Fedji.

O vinho é um o segundo mais vendido da vinícola de São Joaquim - SC (cerca de 30 mil garrafas ao ano) e um dos mais vendidos e famosos no país. Número um nas escolhas dos clientes e hóspedes dos grandes Fasano e Copacabana Palace. Ele não tem um nome específico, é conhecido como o Rosé da Villa Francioni, que é o nome da vinícola catarinense, ou então VF Rosé. Sua primeira safra foi produzida em 2005, um misto de 8 uvas tintas: Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Merlot, Malbec, Sangiovese, Syrah, Petit Verdot e Pinot Noir. Possui um aroma de frutas como romã, pêssego e goiaba com um floral que lembra rosas, avivados por um leve toque cítrico. Uma cor salmão claro que encanta o olhar, e um paladar leve que agrada até mesmo os mais críticos. Cada variedade é fermentada individualmente em tanques de aço inoxidável em baixa temperatura, produzindo vinhos em garrafas de 750ml, 1.750ml e 3L. Não tem como não dizer que é quase uma joia, com tamanho cuidado em que cada etapa é feita.

Mas apesar dos seus já diversos prêmios conquistados, inclusive como o melhor rose do Brasil em uma degustação às cegas, em 2013 pela Folha de S.Paulo, ele se tornou famoso e ‘queridinho’ depois da passagem da cantora Madonna pelo Brasil em 2009. Que durante uma refeição, pediu uma sugestão de vinho rosé ao sommelier Manuel Beato, do Grupo Fasano. Mas por orientação de um colega, ele sugeriu um vinho importado. Como ela havia gostado muito da sugestão, pediu uma segunda, e ele arriscou o VF Rosé. Já no primeiro gole ela perguntou ao sommelier onde poderia comprar mais daquele vinho para que pudesse levar para casa. E foi assim que ele se tornou não somente cobiçado pela qualidade e design, como também por ser intitulado como o vinho da Madonna, já que a cantora fez questão de levar várias garrafas consigo.

Só ficamos esperando para mais perfumistas se apaixonarem por mais vinhos e criarem garrafas tão incríveis quanto essa para podermos apreciar e colecionar, assim como os frascos magníficos dos perfumes.


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Chocolate, chocolate...

Postado em:

Sabe quando você acorda de manhã e sente aquele cheirinho de café passado na hora? É essa sensação de desencadeada no nosso sistema olfativo quando na presença de substâncias odoríferas que, ao serem percebidas pelo nosso organismo desencadeiam sensações seja de prazer ou desagrado, é o que chamamos de aromas. Por isso costuma-se usar essa palavra aroma quando estamos falando do universo comestível, e não há assunto melhor quando estamos na semana da Páscoa. A semana mais aguardada para os chocólatras de plantão, que estão praticamente esperando o coelhinho passar bem rapidinho na rua de casa, certo?

Mas você já parou pra pensar como comer chocolate além de sabermos ser delicioso e saudável também pode ser uma incrível experiência sensorial? Os chocolates com alto teor de cacau e baixa quantidade de gordura são ótimos antiinflamaórios, antioxidantes, indutores de relaxamento físico e mental, potentes anti depressivos e ansiolíticos. Mas hoje vou voltar aos tempos em que estudava e trabalhava com aromaterapia e ensinar a vocês uma receitinha bem interessante para essa data tão querida e saborosa. Sim, alguns óleos essências podem e devem ser usados na culinária para deixar as experiências olfativas e gustativas ainda mais impressionantes, mas é sempre bom deixar bem falado que a procedência desse óleos devem ser de alta qualidade. Tenha segurança ao comprar seus produtos.

Use um chocolate de boa qualidade com 70% de cacau ou chocolate branco se você preferir. Separe também nozes, pistache, castanhas, frutas secas como damasco, cranberry, morango desidratado, lascas de coco e grãos e/ou sementes. O chocolate deve ser derretido em banho-maria e após amornar, você mistura 3 gotas de óleo essencial (não mais que isso), mexer e reservar. Agora você montar pode essas gostosuras de duas maneiras, ou misturar e despejar em forminhas (pode ser até mesmo as de gelo, ou as que compramos em lojas que vendem produtos para festas), ou espalhar uma quantidade de chocolate sobre uma forma forrada com papel manteiga e salpicar as castanhas e frutas que você desejar, deixando uns 2cm pelo menos dos lados de cada lasca. Coloque na geladeira e delicie-se com essa dica que ainda por cima é um ótimo presente para a Páscoa se você amar um DIY! Minha sugestão para misturas seria o meio amargo com óleo essencial de laranja, o chocolate branco com o óleo essencial de limão siciliano e o chocolate amargo com o óleo essencial de hortelã pimenta. Vale ressaltar que ainda não há literatura suficiente para o potencial terapêutico na ingestão de óleos essenciais, nesse caso eles conferem ao alimento mais sabor e aroma.

Uma feliz e deliciosa Páscoa para você e sua família!

*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​

Um perfume sem perfume, por favor!

Postado em:

Quando Virgil Abloh, diretor criativo da marca de roupas Off-White e também colaborador de Kanye West, decidiu desenvolver sua primeira fragrância, ele tinha apenas um pedido: queria que ela não fosse perfumada. Ao menos, não muito! Queria um perfume delicado, quase imperceptível e despretensioso que seria quase impossível de ser detectado pelo olfato humano. Essa incumbência foi parar nas mãos de Bem Gorham, que dirige a conceituada casa de fragrâncias Byredo, e juntos eles produziram o Elevator Music.

Ele queria uma fragrância que além de leve lembrasse as paisagens hipnóticas e sonoras dos elevadores. Essa parceria foi anunciada durante o desfile de Paris para o Outono de 2018. Essa apresentação incluiu uma trilha sonora de elevador e uma instalação chamada ‘The Elevator’, de Carsten Höller, essa deveria remeter às pessoas à sensação de ser ignorado quando você entra em um elevador.

Abloh não é a primeira pessoa a imaginar um perfume tão mínimo que seja quase inodoro. Em 2006, a perfumista alemã Geza Schoen apresentou a fragrância minimalista Escentric Molecule 01 como um ainsolente repreensão aos excessos da perfumaria. Esse anti-perfume contém apenas materiais sintéticos e promete algo irresistível, como uma tinta mágica invisível que amplificará, em vez de sobrecarregar, seus ferormônios naturais.

O frasco foi criado para lembrar o elevador passando pelos andares quando sobe ou doce, uma brincadeira com o branco e preto minimalista. E além da fragrância também foi lançado um mousse de cabelos e creme de mãos. Ele define a fragrância como uma relação entre o luxo e a percepção humana. Da mesma forma que a música do elevador deve ser ouvida, mas não absorvida totalmente, assim como a fragrância, ela deve ser sentida mas não permanecer no seu olfato por muito tempo. Ele é um floral amadeirado, com notas de violeta da meia noite, bambu, almíscar e ambreta. Ele estará a venda a partir do dia 17 de maio para os amantes dos perfumes, sem perfume!


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​