Cássia, Pratápolis e Araxá terão novos Fóruns segundo Tribunal de Justiça de MG

Cidades mineiras serão beneficiadas com novos Fóruns, segundo plano do TJ de Minas Gerais

Postado em: em Justiça

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) pretende gastar mais de R$ 190 milhões para construir novos fóruns em 12 cidades do interior de Minas. Araxá, Cambuí, Cássia, Cláudio, Carmo do Rio Claro, Ituiutaba, João Pinheiro, Juiz de Fora, Lagoa da Prata, Machado, Piumhi e Pratápolis serão os locais beneficiados com as novas instalações.

Dentre as comarcas citadas, Araxá, Ituiutaba e Juiz de Fora são as únicas em que os editais já foram finalizados. A empresa Endeal Engenharia e Construções Ltda. venceu a licitação de Araxá pelo preço de R$ 17.913.097,65 para construir o novo fórum e fazer manutenção do ar-condicionado do local.

Em Ituiutaba, a Construtora Ambiental Ltda. foi a vencedora do certame pelo valor de R$ 19.025.771,52. Já a empresa Galcom Construções foi a vencedora em Juiz de Fora pelo valor de R$ 63.537.989,63.

Os valores estipulados nos editais para as outras cidades variam entre R$ 9.394.837,61, na cidade de Pratápolis, que tem menos de 9.000 habitantes, de acordo com o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2010, e R$ 10.472.346,80, na cidade de Cássia, que tem uma população estimada em 18 mil habitantes, de acordo com levantamento feito pelo IBGE em 2017.

Procurado, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais não respondeu aos questionamentos enviados, apenas disse que os investimentos fazem parte do Plano de Aceleração de Obras do TJMG, que tem o objetivo de “abreviar fluxos para melhorar a infraestrutura do interior, por meio de reformas, ampliações e inaugurações, empregando projetos padronizados e priorizando locais onde o Judiciário já conta com um terreno cedido”.

ARAXÁ

Em Araxá, a edificação de seis pavimentos e 6.500 m² atenderá nove varas e tem previsão de conclusão em 720 dias. O projeto prevê dois elevadores, sistema de ar-condicionado central, estacionamento com 90 vagas para veículos e bicicletário com dez vagas.

O novo Fórum José Apolinário, em Cláudio, terá dois andares em uma área construída de cerca de 2.100 m² e capacidade para acolher duas varas. Ele contará com um elevador, ar-condicionado em todos os ambientes e estacionamento para cerca de 27 veículos e vagas para motos e bicicletas.

Outros quatro prédios – fóruns Desembargador Merolino Correa, em Carmo do Rio Claro; Bárbara Oliveira de Miranda, em Lagoa da Prata; Doutor Edgard da Veiga Lion, em Machado; e Doutor Oscar Soares Machado, em Piumhi – terão a mesma estrutura: dois pavimentos e capacidade para abrigar três varas, um elevador, ar-condicionado em todos os ambientes, estacionamento com aproximadamente 58 vagas para veículos, seis vagas para motos e seis para bicicletas. 


Artigos Relacionados