Cássia e Pratápolis ganham novos Fóruns que custarão R$ 19 milhões

Na comarca de Cássia, novo prédio resolverá a falta de espaço e custará R$ 10 mi

Postado em: em Justiça

​Doze novos prédios deverão substituir fóruns antigos, que já estão defasados no Sul de Minas. 

As obras são parte de um projeto do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que irá construir e reformar fóruns em até 30 cidades mineiras até 2024. 

Os recursos fazem parte do Fundo Especial do Poder Judiciário. O objetivo é fazer a melhor distribuição de processos na região e atender os municípios atendidos por cada comarca.

Na comarca de Cássia, o novo prédio irá resolver a falta de espaço do prédio atual. Esse é o principal argumento do juiz da 1ª Vara Cível e Criminal, Armando Fernandes Filho. 

Segundo ele, a atual construção foi para apenas uma vara, mas o atual prédio precisou ser adaptado para comportar duas. E o novo também terá espaço para uma terceira vara.

Imagem dos projeto dos novos fóruns de Carmo do Rio Claro, Machado, Cássia, Cambuí e Pratápolis. (Foto: Dengep/TJMG)

As construções seguem um projeto padrão (os de Cássia e Pratápolis são do modelo acima) e, por isso, tem orçamentos iguais. Todos preveem dois pavimentos e capacidade para abrigar três varas.

Também terão um elevador, ar condicionado em todos os ambientes e estacionamento para 58 veículos, com seis vagas para motos e seis para bicicletas. O investimento total será de R$ 113 milhões.

As comarcas com orçamentos mais caros são Três Corações e Itajubá: R$ 30 milhões. Na sequência, vêm os prédios das comarcas de Cássia, Carmo do Rio Claro, Cambuí e Machado que deverão custar R$ 10 milhões cada. 

Pratápolis fica logo atrás com orçamento de R$ R$ 9 milhões e Monte Sião de R$ 4 milhões.

Para os cinco prédios orçados em torno de R$ 10 milhões, os envelopes das empresas interessadas em realizar as obras foram abertos no dia 10 de julho. A seleção segue com a escolha das empresas e prazo de recursos.

No Sul de Minas,além de Cássia e Pratápolis, estão na fase inicial de projetos os edifícios das comarcas de Cruzília, Natércia,  Poços de Caldas e Varginha,

Já se encontram em processo de licitação as obras das comarcas de Três Corações, Itajubá, Cambuí, Carmo do Rio Claro, Machado e Monte Sião.



Artigos Relacionados