Cães idosos e acima do peso são mais propensos a desenvolver a osteoartrite

Doença é caraterizada por degeneração das cartilagens, acompanhada de alterações ósseas

Postado em: em Mais+

A osteoartrite é uma enfermidade crônica que acomete as articulações, caraterizada por degeneração das cartilagens, acompanhada de alterações em estruturas ósseas, ligamentos e cápsula articular dos cães, promovendo dor e dificuldade de locomoção. Ela ocorre em cães de todas as idades, sendo mais frequente nos idosos, obesos, que sofreram lesões traumáticas ou tiveram complicações pós-operatórias de cirurgias ortopédicas, além daqueles que já têm predisposição genética. “Os pets podem suportar dores intensas sem demonstrar, por isso, o tutor precisa estar atento a todos os sinais dessa doença”, orienta Jaime Dias, coordenador técnico pet da Vetoquinol.

O mais comum dos sintomas é a dificuldade para se levantar e caminhar. “Isso ocorre porque o animal sente muita dor nas articulações, o que dificulta os seus movimentos. É comum, por exemplo, que o cão manque quando sofre dessa enfermidade. Por não se mover como antes, ele ganha peso, que é outro sintoma a ser considerado”, explica Jaime Dias. Como possível prevenção, o tutor deve controlar o peso do animal, manter o exercício físico e levá-lo com periodicidade ao médico veterinário para check-up. 


Artigos Relacionados