​Autoridades se reúnem com entidades para discutir dois assuntos

Montante per capita foi de R$ 1.124 para R$ 1.219, mas as instituições desejam algo em torno de R$ 1,5 mil

Postado em: em Política

O encontro da última semana no gabinete do prefeito Gílson de Souza, serviu para que fossem tratados de dois assuntos que estavam em evidência. 

Um deles envolvendo uma demanda conduzida pelo Ministério Público, formalizado por algumas entidades. 

O objeto do pleito continua sendo é a atualização dos valores per capita repassados pela Prefeitura as entidades responsáveis por atendimento de pessoas idosas

No ano passado o montante per capita transferido era de R$ 1.124,52 e este ano foi corrigido pela inflação do período, subindo para R$ 1.219,00, mas as instituições desejam um pouco mais, algo em torno de R$ 1,5 mil. 

Dado a queda das receitas e outras limitações de orçamento, a questão continua sendo analisada pela Prefeitura que mantém o diálogo aberto com as partes envolvidas.

Já o segundo encontro, também com a presença do promotor de justiça Murilo Jorge, dos secretários de Finanças, Ação Social e Saúde, envolveu a questão dos processos que envolvem repasses dos valores doados às entidades, através das Declarações de Imposto de Renda. 

As diversas dúvidas expostas foram em parte esclarecidas e outras estarão sendo analisadas pelos técnicos da secretaria de Finanças, que saíram incumbidos de continuarem as tratativas com os dirigentes das entidades e dos respectivos Fundos de Assistência, responsáveis pelos recebimentos e acompanhamento da sua aplicação.


Artigos Relacionados